Brasil · Espetáculos e Shows · São Paulo

Noite de Estréia na Sala São Paulo

A norte americana, Marin Alsop, primeira mulher a assumir uma orquestra importante nos EUA, repete o feito no Brasil, onde assume a regência da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. É considerada uma das melhores maestrinas da atualidade e sua estréia aconteceu quinta-feira, 8 de março.

Na primeira parte, estreou Terra Brasilis, terceira encomenda da Osesp a compositores de uma obra curta em torno do nosso Hino. Maravilhosa… O pianista francês David Fray solou o Concerto n.º 22 de Mozart, K. 482. Entre os 27, não é dos mais conhecidos, mas foi uma escolha certeira. Fray brilhou intensamente, secundado pela orquestra que foi impecável.

A estréia aconteceu no imponente edifício da Estação Julio Prestes que abriga hoje a Sala São Paulo, sede da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e uma das mais importantes casas de concertos e eventos do País.

No final do espetáculo um presente para o público: espumante a vontade servido pelos garçons da Sala.

Projetado por Christiano Stockler das Neves em 1925 ―período em que a cidade, estimulada pelo café e pela ferrovia, crescia em ritmo acelerado― o prédio, marcado pela sobriedade dos ornamentos e detalhes do estilo Luís XVI foi concluído somente em 1938.

Tombada como patrimônio histórico pelo Condephaat, a Sala São Paulo foi inaugurada em 9 de julho 1999 com a apresentação da sinfonia A Ressurreição, de Gustav Mahler, pela Osesp.

Antes e durante os espetáculos funciona o “Café da Sala” que são dois buffets montados no átrio central da Sala onde são vendidos salgados, doces, crepes, sopas e espumantes.  Há sofás confortáveis e várias mezinha que ficam lotadas no intervalo dos espetáculos. Além disso, lá funciona também o restautante ‘Oitava Arte’ em um salão todo de vidro e pé direito altíssimo.

Além dessa opção, a Sala São Paulo tem também uma filial da doceria Dulca, a loja “Clássicos” que vende CDs, livros e DVDs e uma área da Zona D com presentes relacionados à música.

A Sala São Paulo tem visitas monitoradas, de terça a sexta, às 13h e 16h30, e sábados, às 13h30. O preço é de R$ 5 (estudantes e aposentados pagam meia). Confira a programação no site.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s