Alemanha · Europa · Munique

Munique | Onde tomar a melhor cerveja do mundo?

Poucas coisas são tão tipicamente alemãs quanto a Hofbräuhaus de Munique. A cervejaria de mais de 400 anos já foi frequentada pela corte alemã, pelos nazistas e por turistas do mundo inteiro.

A casa abre à 9h da manhã e chega a ter 30 mil visitas por dia. Ela foi construída no final do século XVI e salvou as finanças da Baviera. Na época, os duques da região importavam sua cerveja da pequena cidade de Einbeck, na Baixa Saxônia, e estavam cronicamente falidos. A corte apreciava até demais aquele “suco de cevada” o que levou ao esvaziamento dos cofres públicos.

O gosto pela cerveja levou à construção de uma cervejaria própria, a Hofbräuhaus que foi apreciada desde o início. Há muitas lendas em torno de sua história e uma delas conta que o exécito sueco topou não invadir a cidade de Munique em troca de mil baldes de cerveja durante a guerra dos 30 anos.

Tempos depois o local tornou-se ponto obrigatório para os apreciadores de cerveja do mundo todo e inclusive era frequentada pela Imperatriz Elisabeth ‘Sissi’ da Áustria. Outras celebridades foram Lenin, Mikhail Gorbatchov e Mozart.

A casa tem quatro andares e por volta das 13h quando chegamos somente no último encontramos mesa. No térreo é onde há a maior festa com a banda típica, as garçonetes segurando 10 canecas de uma vez e as famosas cestas de pretzel gigantes.

Outra tarde inesquecível regada a muita cerveja, salsicha branca (típica do sul da Alemanha, pois existe uma salsicha típica de cada estado), Einsbein (joelho de porco) e mostarda doce!

 

 

Europa · Munique

Munique | Como ir à Ópera de Munique por 5 Euros?

O Festival de Ópera de Munique acontece sempre em Julho com peças tradicionais de Verdi a Wagner. A ópera foi construída por volta de 1600 quando exibia peças italianas para a corte. Esse primeiro teatro chama-se Residenz. Em 1700 o imperador Maximiliano III encomendou ao arquiteto Françoi Cuvillie a construção de outro teatro anexo ao Residenz. O teatro passou a chamar-se Cuvillie e é referencia mundial para os amantes de ópera.

Ficamos tão encantados com a arquitetura que  decidimos comprar os tickets para o espetáculo no mesmo dia da apresentação pelo próprio site da ópera.

Os preços são muito acessíveis porque o governo realmente proporciona acesso à cultura á população. Há até mesmo um lugar para que se possa assistir a ópera em por por apenas 5 Euros.

As pessoas chegam, amarram uma fita no corrimão onde vão ficar e vão para o bar onde ficam até a hora do espetáculo. Quando voltam , claro, a fita continua lá onde foi deixada e ninguém pegou o lugar de ninguém.

Na saída do espetáculo uma surpresa: a praça fica cheia de tendas, mesinhas e cadeiras que servem o ‘vinho após o teatro’. Pessoas de todas as idades, inclusive idosos passam horas conversando sobre a peça e apreciando um bom vinho.

Até participamos de uma despedida de solteiro, muito diferente das nossas em que assinamos a roupa do noivo e ganhamos uma prenda!

Depois disso pegamos o metrô e voltamos felizes para casa desejando que o Brasil fosse assim seguro e organizado!

Alemanha · Munique

Surfando no rio em Munique

Uma das manias de quem mora em Munique é o surfe de rio. O point, conhecido no mundo todo, é o rio Eisbach, um pequeno rio feito pelo homem, derivado do rio Isar e que corta todo o parque do ‘Englischer Garten’.

Logo após a ponte do museu de arte, o rio forma ondas de até 1 metro de altura. A água é gelada e rasa (só 40 cm) o que o torna ideal somente para surfistas profissionais.

O surfing, apesar de proibido, é praticado desde 1972 e várias competições já foram realizadas com a participação de grandes nomes como Kelly Slater e Tony Hawky.

http://www.youtube.com/watch?v=VDcKCXcjZes

O Englischer Garten conta também com muitas outras atrações. Ele é um importante parque de Munique, considerado uma das maiores áreas públicas do mundo.

Uma atividade particular do parque é tomar sol sem roupas. Na área próxima a pista de corrida de cavalos há uma área em que o nudismo é permitido e chamado de FKK (Frei Korper Kulture – Cultura do corpo livre).

A atração mais legal de se visitar no parque, depois de tomar sol e surfar no rio, é a Chinesischer Turm, uma torre de 25 metros de altura que representa uma pagoda de porcelana dos jardins do imperador chines.

Ao redor da pagoda estão localizados vários ‘Biergarten’, que ao pé da letra significa jardins da cerveja, o que realmente ilustra bem seu significado e é uma atividade tipicamente alemã. Trata-se da reunião de várias cervejarias ao ar livre com grandes mesas comunitárias espalhadas pelo jardim.

É ótimo para conviver com locais e experimentar a culinária típica da Bavária, além de beber muita cerveja!

Dentro da Chinesisch Turm há uma banda que anima o lugar.

A cervejaria mais famosa da cidade é a Hofbrauhaus que tem um quiosque nessa área do parque.

Englischer Garten

Estação Metro – Giselastrasse