França · Paris

Paris: Champs Elysèe, Arco do Triunfo, Torre Eiffel, Passeio de Barco no Sena e Museus

Chegamos em Paris em um vôo vindo de Berlim já que eu estava lá fazendo um curso de alemão durante as férias de verão.

Pegamos o metrô até a estação Boissière que era do lado do nosso hotel, o Elysee Union, super bem localizado. Deixamos as malas e já saimos para passear.

Paris

O hotel tem vista para a Torre Eiffel de todos os quartos e da porta já dava para avistar parte dela. Foi incrível porque víamos todas as fases do acendimento das luzes.

Paris

Além disso ficava a uma quadra da Champs Elysee e do Arco do Triunfo, por onde começamos o passeio.

Paris

Paris

O dia estava super quente, o céu azulzinho e o sol brilhante, apesar de que em 2010 o verão foi meio frio, dia perfeito para explorar a cidade!

Paris 147 193

A avenida Champs Elysée começa no Arco do Triunfo e vai até a Place de la Concorde, perto do Museu do Louvre e L’Orangerie.

Paris

Descemos a avenida observando cada detalhe e cada loja. Entramos em uma das ruazinhas adjascentes (a Avenue Kleber) e encontramos um bistrô bem charmoso, o Café Brassac (que por coincidência era atrás do nosso hotel) e almoçamos uma massa e um salmão deliciosos e de sobremesa, claro, um crème brulet, que é minha paixão.

Paris

Voltamos para a Champs Elysée e seguimos descendo. Há várias lojas de grife, cosméticos, esporte para todos os gostos. Tem Sephora, Nike, Disney, Zara, LV, Prada, Chanel e todas as outras que você puder imaginar.

Paris Paris

Outro lugar bem “tradicional” que almoçamos outro dia na avenida é o L’Entrcote de Paris, que tem filial em Sáo Paulo, já escrevi um post sobre ele aqui, e que é uma instituiçao parisiense.

Paris

Paris Paris

Um pouco antes, se voltar pela Champs-Elysée em direçao ao Arco do Triunfo está o Le Café Kousmischoff que é um café-boutique da rede de chás Kusmi, super descolado com loja no nível da rua e um café com vistas incríveis da avenida no 1º andar. Vale a pena!

Belgica-França-Amsterdam 1081 Belgica-França-Amsterdam 1093 Belgica-França-Amsterdam 1092

Chegamos na Place de la Concorde (leia outra opçao de roteiro que fizemos aqui) onde está o Museu L’Orangerie que é um museu impressionista onde estao expostos os painéis gigantes pintados por Monet (Lês Nymphéas) além de outras obras de Cezanne e Renoir.

Paris

Atravessando a Ponte Le Concorde você chega em outro museu interessante, o Les Invalidés que abriga vários museus e monumento sobre a história militar da França e inclusive domo da capela, o Dôme des Invalides, está sepulado Napoleao Bonaparte.

Do museu, pegue a Rue Champs de Mars e siga até a Torre Eiffel e feche seu dia com chave de ouro..

215 Paris

Belgica-França-Amsterdam 715 Belgica-França-Amsterdam 713

Paris

Atravessamos a Pont d’Iena para tirar as melhores fotos da torre do Les Jardins du Trocadero e esperar o seu acendimento.

A fila para subir estava gigantesca, então desistimos. Da segunda vez que fomos era primavera e nao havia filas. Compramos o bilhete na hora e apreciamos a vista lá de cima.

Paris Paris Paris Paris Paris

Paris

Inclusive fizemos a maior farra no bar de champagnes lá em cima!

Paris

Da base da torre, saem os passeios de barco pelo rio Sena (e o pessoal também aproveita essa praia para tomar um solzinho).

Paris

Ótima pedida para conhecer as lindas (e várias) pontes de Paris.

Paris Paris

Aproveitamos que era verao e perto do entardecer e vimos o lindo pôr do sol do barco.

IMG_7620 Paris Paris Paris

Os barcos saem de hora em hora do pier em frente à Torre Eiffel. Já era quase 18h então o tour disponível era para ver Paris iluminada. Imperdível!

Paris

O barco funciona no estilo dos ônibus hop on hop off com váris paradas e subidas nos prinicpais pontos turísticos. Quem quiser pode usá-lo para visitar Paris ao invés do metrô. Fomos até quase o final e descemos na Catedral de Notre Dame. Leia o roteiro por Saint German da Pres aqui e Le Marais aqui. Ambos incluem a Catedral.

Paris

Veja o roteiro no mapa:

Europa · França · Paris

Paris: Place de Madeleine, Galeries Lafayette e Ópera de Paris

Conforme saímos da Rue de la Paix, leia roteiro aqui, seguimos para a Place de Madeleine que foi construído para glorificar o exécito de Napoleao.

Paris

Nessa área ficam várias boutiques, lojas de grifes, confeitarias e restaurantes descolados.

ParisParis

Logo ao lado da praça está o restuarnte La Maison de la Truffe,  jantar somente com reserva, fiz do Brasil mesmo, por e-mail, que peguei no site do restaurante.

Paris

Eles também tem uma lojinha lá dentro com vááários predutos “trufados”.

Paris

Eles também uma mini degustaçao para quem nao conhece, quer experimentar e nao quer gastar muito com o jantar (que sai na média de 30 a 50 euros por pessoa).

Paris

Nao deixe de visitar a super loja da Fauchon com seus chás, chocolates e macarróns. Fiquei encantada com a Fauchon e lá comprei um dos chás mais gostoso que já tomei.

Paris Paris

A partir da Place de Madeleine, pegue a Rue Tronchet até o final e vire a direita no Boulevard Haussmann, onde está a conhecida e elegante Galeries Lafayette, a maior loja francesa de departamentos. Tem que entrar para admirar a arquitetura do teto.

Paris Paris Paris

ParisParis

Paris Paris

Dentro das Galeries Lafayettes fica o imperdível Café Angelina um dos mais tradicionais de Paris e conhecido pelo chocolate quente mais famoso da cidade!

Paris Paris

Quase em frente às Galeries Lafayettes, no próprio Boulevard Haussmann fica a loja de macarróns de Pierre Hermés, o famoso confeiteiro francês, que na minha opiniao, faz os melhores macarróns do mundo! Ainda nao comi melhores!

Paris

Paris

Continuamos pelo Boulevard Hussmann e viramos à direita na Rue Scribe onde visitamos a Ópera de Paris ou Palais Garnier, que é foi a primeira companhia de Ópera da França, fundada por Luis XIV!

Paris Paris

 

Na Place del’Opera junto ao Boulevard de los Capucines, fica um dos mais emblemáticos café de Paris, o Café de la Paix, que escrevi sobre ele aqui.

Paris Paris

Continuamos pela Avenida de l’Opera e paramos na Loja de chás  Kusmi (que é o chá que mais gosto!) para comprar umas latinhas e aproveitar o espaço super cool e com uma vista privilegiada de toda a avenida para tomar um chá e descansar um pouco.

Paris Belgica-França-Amsterdam 984 Belgica-França-Amsterdam 992

Aproveitamos para dar uma esticadinha até a rue St. Honoré e rue Royale que juntamente com a rue Rivoli sao as mais chiques e com as lojas mais caras de Paris.

Paris Paris

Paris

Veja o roteiro completo no mapa:

Europa · França · Paris

Paris: Um passeio por Montmartre com a Sacré-Couer e seus Cafés emblemáticos

Montmatre é um dos meus bairros preferidos de Paris. Impossível não se contagiar com a magia do lugar e é lá que para mim mais representa a verdadeira Paris, com seus cafés e toda sua boemia.

Montmartre

Explore o bairro com um mapa debaixo do braço e perca-se pelas suas ruazinhas de paralelepípedo. Considere o bairro como um triângulo: em uma das pontas está a estação de metrô Blanche,  na outra a estação Anvers e na terceira ponta a Sacrè-Couer.

Montmartre

A famosa estação Abbesses, eternizada pelo filme Amelie Poulain fica no coração desse triângulo e no coração do bairro.

Em linha reta, entre as estações Blanche e Anvers fica a estação Pigalle. De dia pode-se passear tranquilamente, mas evite a região à noite a não ser que curta sex shops, cafetões e peep shows.

Desça na estação Blanche e ao sair do metrô dará de cara com o famoso Moulin Rouge.

Montmartre

Caso queira comprar ingressos para algum espetáculo, é possível comprar na hora, mas nem sempre para o mesmo dia, ou com antecedência online.

Suba a rue Lepic (direita do Moulin Rouge) e no número 15 estará o famoso Café de Amelie Poulain, o Des 2 Moulin.

Montmartre

Essa rua tem muito comércio: mercadinhos, cafés, queijarias e padarias.

Montmartre

No número 20, quase em emfre ao Café da Amelie Poulain está a Fromagerie Lepic, uma queijaria imperdível com todos os tipos de queijos imagináveis e por preços convidativos.

Montmartre

Montmartre

Montmartre

O mercadinho da foto, 8 a huit, é um mercadinho da rede Carrefour com tudo que você precisa para fazer uma orgia gastronômica. Até caviar compramos!

Bem em frente fica a Paul’s, minha boulangerie preferida quando estamos na Europa, para comprar uma baguete.

Montmartre

Mas deixe a Paul’s para tomar o café da manhã do dia seguinte e continue subindo a rue Lepic até virar à direita na rue Abbesses.

Dessa esquina dá pra ver um dos dois únicos moinhos que restaram no bairro.

Montmartre

Para ver o segundo, continue pela rue Lepic até chegar no restaurante Le moulin de la Galette.

Montmartre

 

Na Rue Abbesses compre a melhor baguete da França na Le Grenier à Pain do famoso padeiro Michel Galloyer. Essa exata loja ganhou o Grand Prix de la Baguette de la Ville de Paris!

Na França, faça como os franceses...
Na França, faça como os franceses…

Um pouco mais a frente estará a Place Abbesses, o coração do bairro. Do lado direito o carrossel fica a estação de mesmo nome, uma das mais belas de art nouveau.

Montmartre

Aí está o Le mur des je t’aime ou o Muro do Eu Te Amo, onde a frase Eu te Amo está escrita em mais de 300 idiomas.

montmatre

Continue caminhando pela rue Abbesses que virará rue d’Orsel. Vire à esquerda na rue Très Freres e à direita na rue Tardieu. Aí estarão as escadarias da Basílica. Você pode optar por subir as escadas laterais ou pegar o funicular em que você usa o próprio bilhete do metrô.

Montmartre

Pegamos o funicular e desembarcamos faltando um lance de escada para a Basílica. Esse é o ponto mais alto de Paris e o lugar fica abarrotado de turistas e músicos.

Montmartre

É o ponto para admirar a vista de Paris e a melhor horário é visitá-lo no final da tarde para de quebra assistir o pôr do sol.

Montmartre

Montmartre

Em 2015 fizemos um caminho alternativo para subir à Montmatre e subimos pelas ruas laterais. Na rue Tardieu, aos pés da Sacre Couer siga em fente até a Praça Saint Pierre, vire à esquerda na rue Ronsard e suba a escadaria pela Rue Paul Albert.

Montmartre

Esse caminho é um pouco mais comprido, mas é um caminho que os próprios parisienses fazem, cheio de cafés, restaurantes e ruas residenciais. Siga a sinalização e de repente, você vera a Basílica.

montmartre

Se ainda tiver disposição vire à direita na rua Azais e caminhe até a Praça do Tertre, a mais famosa de Montmatre, onde ficam seus pintores e quem sabe ter seu perfil esboçado, por que não?

Montmartre

A partir da praça, pegue a rua Norvins, famosa pelos posters de Montmatre.

Montmartre

Faça o caminho de volta à Igreja, desça as escadarias laterais ao funicular e jante uma pizza de cammembert bem decente regada à muito vinho francês em uma das pizzarias da rue Tardieu. Nós fomos na Bella Italia, rue Tardieu, 7.

Montmartre

Montmartre

No fim da noite ou em alguma outra noite não deixe de tomar um café, um vinho ou experimentar uma iguaria francesa em um dos românticos cafés do bairro.

Nossos preferidos ficam na rue des Abbesses, 56, o Le Nazir com uma sopa de cebola gratinada imbatível e a La Villa des Abbesses no número 61, bem em frente.

Montmartre

Montmartre

Um simples cafézinho vem com crême brùlee!
Um simples cafézinho vem com crême brùlee!
Europa · França · Paris

Paris: Le Marais, o bairro hipster parisiense

Nós começamos nosso dia descendo a avenida Champs Elysèe até o Museu do Louvre e pegamos a Rue de Rivoli (que margeia o museu) e junto com a Rue Saint Honoré formam as ruas mais chiques (e lotadas de turistas) de Paris.

Nosso objetivo, nesse dia, era visitar o bairro Les Marais que fica no final da Rue de Rivoli. Les Marais é um bairro antigo, aristiocrata e super charmoso de Paris, na margem direita do Sena.

Paris

Sua fama começou no século XIV quando a corte francesa mudou-se para essa área e atingiu o auge do seu esplendor no século XVII quando o rei Carlos V, da França, criou a Place Royale, hoje conhecida como a Place des Vosgues, ainda uma das mais bonitas de Paris.

Paris

Com isso as famílias de nobres e aristocratas começaram a construir mansoes (hôtels) para viverem perto da realeza como o Hôtel de Ville que abriga a prefeitura da cidade de Paris desde 1357 e o Hôtel de Sens uma entre as três últimas mansoes medievais de Paris e transicao do estilo gótico para o Renascentista.

Paris

Também travessa da rue de Rivoli, a rue Saint Paul abriga a Village Saint Paul um antigo orfanato da cidade que agora é cheio de lojinhas antigas e de segunda mao.

Paris

De volta à rue de Rivoli/ Saint Antonie, à direita está a Monoprix outra super farmácia francesa. Escrevi sobre a Citypharma aqui e do lado esquerdo, outra mansao, o Hôtel de Sully, construído no século XVII.

Paris

Seguimos em frente e saímos na Place des Vosgues onde o rei Henrique IV mandou construir um Pavilhao Real rodeado por mais 35 prédios todos com o mesmo estilo de fachada e cobertos por tijolos vermelhos. Esses prédios foram abandonado quando a corte se mudou para Versalhes.

Paris Paris

Depois da Revoluçao Francesa, os prédios voltaram a ser habitados por ilustres franceses, como o Cardial Richelieu, 1º ministro da França e o escritor Victor Hugo (autor do Corcunda de Notre Dame, Les Miserable entre outros) que morou por muito tempo na casa nº 6. A casa hoje é um museu e pode ser visitada.

Paris Paris

A Praça fica super perto da Bastille, uma antiga prisao francesa cuja tomada marcou o início da Revoluçao Francesa. Se você ainda nao conhece, vale a pena dar uma esticada até lá.

Paris Paris

Saimos da praça pela Rue des Francs Bourgeous que é uma rua de comércio com lojas principalmente de cosméticos como Dyptique, Make up Forever, Caudalie, MAC, Kiehls, Bobbi Brown entre outras.

Paris Paris

Viramos à esquerda na Rue des Hospitalières Saint-Gervais e adentramos o bairro judeu, na minha opiniao, a parte mais autêntica e charmosa do Les Marais.

ParisBelgica-França-Amsterdam 597 Paris

Nos perdemos pelas ruazinhas e suas lojinhas, uma mais encantadora que a outra, mas tínhamos um endereço certo: a rue des Rosier onde está o coraçao do bairro judeu e o melhor Falafel que já comi na vida. O L’As do Falafel é IMPERDÍVEL! Mas chegue cedo, senao a fila vira o quarteirao.

Belgica-França-Amsterdam 594 Paris

Nós continuamos caminhando e voltamos a Ile de la Citè, onde fica a Notre Dame, que tecnicamente também é Les Marais e adentramos a Ilha, percorrendo suas ruazinhas e sem esquecer de outro melhor sorvete da cidade: o Berthillon (31 Rue St.-Louis-en-l’Île, París)!

Paris Paris Paris Paris

Europa · França · Paris

Paris: Notre Dame, Sainte Chapelle, St Germain des Près e Compras Farmácias Francesas

Começamos o dia descendo a Champs Elysèe novamente até a Place de la Concorde, passando pelo Louvre e atravessamos a Pont des Arts, a famosa ponte dos cadeados com juras de amor.

Paris

Quer pendurar seu cadeado lá? Agora está proibido porque o peso dos cadeados fez as grades de um lado da ponte caírem e agora estao inclusive reforçadas por tapumes! Mas tenho visto em várias cidades e é incrível que turista nao pode ver uma gradinha que já logo quer pendurar seu cadeado do amor.

Paris Paris Paris

A partir da ponte caminhamos pela beira do Sena até a “Ile de la Cité” a “ilha” onde ficam a Catedral de Notre Dame, a Sainte Chapelle e a Conciergerie. Se quiser pode começar seu passeio por aqui mesmo na estaçao de metrô La Citè.

A Catedral é uma das mais antigas de Paris em estilo gótico-romano. Sua construção foi iniciada em 1163 em homenagem á Nossa Senhora e fica na Praça Parvis.

Paris Paris

Um dos destaques é o Portal do Julgamento que representa o Cristo em ascensão aos céus e alguns acontecimentos de pentecostes.

Paris

O interior é todo iluminado pelos coloridos vitrais e abrigam os sinos que tocam de 15 em 15 minutos.

Paris

O mais importante e antigo é o Bourdon Emmanuel que só toca em eventos especiais.

Paris Paris

Em frente fica uma das melhores sorveterias de Paris – Le Flore en L’Île

Paris

Bem em frente fica a Sainte Chapelle e a Conciergerie cujos ingressos podem e DEVEM ser comprados online com antecedência para evitar as enormes filas que se formam. O combo custa cerca de 16 euros e DEVE ser impresso em casa ou retirado na FNAC, NAO pode ser retirados na atraçao.

Paris

A Conciergierie faz parte do Palais Royal ou Palais de la Citè que abriga também o Palácio da Justiça e a Sainte Chapelle.

IMG_7586 Paris

É uma antiga prisáo onde até hoje está conservada a cela onde ficou presa Maria Antonieta. A Sainte Chapelle é a capela do complexo, encomendada por Luis XIV é famosa pelos seus inconfundíveis vitrais. Os dois edifícios sao patrimônio da Unesco.

A partir daí pegamos a Rue Saint Jacques e adentramos o Quartier Latin. Logo no início da rua está a conhecida e charmosa livraria inglesa Shakespeare & Co fundada em 1951 e em seguida, a Universidade de Sorbonne fundada em 1297 por Robert Sorbonne, capelao e confessor do Rei Luis XIV. Foi a primeira e mais importante universidade da França.

Paris

Logo em frente na Rue Cujas estáo Pantheon, do grego Templo, foi uma capela construída para Santa Genoveva e que inclusive guarda suas relíquias. Hoje é também um mausoléu de importantes fuguras francesas.

Paris

 

Saímos da Praça pela Rue Sofflot e chegamos à entrada dos Jardins de Luxemburgo construído a pedido da rainha Maria Medici inspirado no Palácio Pitti e nos jardins de sua infância em Florença.

Paris

Saímos pela Rue D’Assas até o Boulevard Rapail em que fica a incrível Chocolatier Hugo & Victor. Os doces sao verdadeiras obras de arte e DELICIOSOS, entao nao deixe de levar um para seu hotel para comer no final da noite!

Belgica-França-Amsterdam 818 Paris

Atravessamos de volta para a Rue de Sèvres, que é a principal rua de lojas de grifes caras de Saint Germain da Prés. Vire à direita na Rue Cherche-Midi, 8 e passe em uma das melhores boulangeries de Paris, a Poilâne. Afinal nao se pode ir à Paris e nao experimentar uma baguete. No entanto a torta de maças de massa folhada (caseira) nao aquela de massa Arósia, é incrível! Já escrevi sobre ela aqui.

Paris

Voltamos para a Rue de Sèvres que se transforma em Rue du Four e onde fica a famosíssima farmácia francesa Citypharma. Eu enlouqueci lá dentro porque ela é tudo de bom que falam e mais um pouco! Tem todas as marcas francesas como Vichy, Biorene (demaquilante crealine por 3 euros!), Nuxe, Avéne, La Roche Posay, Caudalie, Roc etc. Prepare sua lista e faça a festa. É tudo muito barato!

Paris Paris

De lá seguimos mais um pouco pela Rue du Four e viramos a esquerda na Rue Bonaparte onde há papelarias de cair o queixo com livros lindos de colorir de Paris!

Paris

Encerramos o passeio no Café Les Deux Magots um café literário ilustríssimo que era frequentado por Sartre, Hemmingway, Picasso e outros mais.

Paris Paris
Nosso roteiro está todo marcado no mapa abaixo: