Argentina · Buenos Aires

Buenos Aires | Chá da Tarde no Hotel Alvear

Quer sentir-se na Europa estando na América? Vá para Buenos Aires! A cidade tem estilo parisiense, costume espanhol – ‘siesta’ e a tradição inglesa do five o’clock tea.

Quando estiver caminhando pela Recoleta, não deixe de dar uma paradinha no Hotel Alvear para experimentar um autêntico high tea, como dizem os ingleses.

Buenos Aires Hotel Alvear

O chá é servido no salão L’Orangerie do hotel que fica dentro de um jardim de inverno – o Jardin d’Hiver.

Buenos Aires Hotel Alvear

Passamos lá por volta das 16h e estava bem cheio. É bom reservar antes, principalmente aos sábados, ou corre-se o risco de ficar sem o chá – reservas online ou pelo telefone 5411 4808.2949.

Buenos Aires Hotel Alvear

A partir daí foi só saborear os deliciosos bolos, mini pâtisserie, tarteletes de frutas, sanduíches de salmão e mascarpone, docinhos entre outras delícias preparadas pelo Chef Pâtissier.

Buenos Aires Hotel Alvear

Quanto aos chás, uma seleta carta é apresentada percorrendo uma variedade de chás verdes, pretos e blends, além dos tradicionais chás saborizados exclusivos do hotel como o “Blend Alvear” que é uma mistura de chá preto, amêndoas, cítricos e pétalas de rosas. Delicioso!

Buenos Aires Hotel Alvear

A louça do jogo de chá é de Limoges, na França. Uma atração a parte.

E pra finalizar não dispense o carrinho de sobremesas e escolha o mil folhas de creme de baunilha. Mais tradicional impossível!

Buenos Aires Hotel Alvear

São três opções de chá: pedimos o completo, chamado ‘Té Alvear’, que serve duas pessoas e sai por 200 pesos, cerca de R$65. Mas vale o preço porque são tantas guloseimas que dá para pular o jantar.

Hotel Alvear

Salão L”Orangerie – Av. Alvear, 1.891. Funciona de segunda a sábado, das 16h às 19h, e aos domingos, das 17h às 19h.

Argentina · Puerto Iguazu

Puerto Iguazu | Compras Duty Free Shop Puerto Iguazú

Duty Free Shop Iguazú

Conseguimos o transfer de ida como cortesia da STTC e voltamos de táxi para o hotel. Ele fica na fronteira entre Brasil e Argentina, bem no final da Ponte Tancredo Neves.

O lugar é super moderno e se auto intitula como o melhor Duty Free do mundo. Foi criado em 2002 e oferece 5.000 m2 de lojas organizadas como uma loja de departamentos americana.

Hall Central

A decoração é muito bonita e lembra bastante os outlets de Miami, principalmente na época de Natal.

Decoração de Natal no Hall Central

Também no Hall Principal é que fica o Café Chivas que serve lanches, refeições e cervejas, mas o preço é um pouco salgado.

Café Chivas

A partir do Hall Central tem-se acesso às diversas lojas que são temáticas do lugar. Logo na entrada está o estande com os óculos de sol. O valor é similar a qualquer Free Shop e achei até um pouco mais caro.

À direita fica a loja com a temática de Nova York. Nela pode-se comprar bebidas, cigarros e as comidinhas típicas de free shop: Pringles, Kit Kat, balas e chicletes. Uma observação que fiz é que eles não vendem chocolates Lindt.

Loja com Decoração Nova York

Em seguida fica a loja de brinquedos que é uma réplica do Castelo da Cinderela na Disney.

Loja de brinquedos com decoração a la Disney

Mais adiante, continuando o tour em sentido anti horário pelo Hall Central, temos a loja da Nike com tênis, roupas e artigos esportivos. Também não achei nenhuma pechincha, mas a originalidade dos produtos é ao menos garantida.

Ao lado fica a seção de Perfumes representada nada mais nada menos por Paris. Os perfumes são definitivamente um item bem mais caro do que no Paraguai. O ideal é experimentá-los, escolher os preferidos e comprá-los no Paraguai onde são bem mais baratos (US$20-50).

Já os cosméticos da L’oreal, Smashbox, Clinique, Dior, Lâncome, Maybelline, YSL e marcas do tipo podem ser comprados no Duty Free. Os valores são um pouco mais baixos que no Paraguai. Outro ponto positivo são os produtos da Body Shop. Se joga! Já Victoria Secret compre no Paraguai que é mais barato.

Loja de perfumes com a temática de Paris

Do lado a loja de eletrônicos com fachada do Japão. Essa tem muitas opções e algumas até valem a pena, mas não é tão barato assim.

Em seguida a loja de roupas, com o tema Veneza. Oferece mais artigos esportivos como jaquetas, camisetas e calças cargos, além de muita coisa da GAP.

Duty Free Shop Puerto Iguazu

Fronteira Foz Iguaçu x Puerto Iguazú

Seg a Dom 10:00 – 21:00

Argentina · Mendoza

Mendoza além dos vinhedos

Erguidas como refúgio da população em caso de terremotos na região, as praças de Mendoza são um símbolo da cidade e agradáveis áreas de lazer. A principal, centro de outras quatro praças, é a Plaza Independencia, cujas atrações incluem um museu de arte moderna, um teatro e bancos para descanso.

Nas quatro extremidades, as praças Chile, Italia, San Martín e España completam o circuito verde do centro da cidade.

No total são 52 praças e 3 parques. Esses espaços servem para que a população possa se proteger dos destroços de concreto dos prédios caso ocorra um terremoto. Para amenizar a poluição, há 1 milhão de árvores na cidade.

Uma das praças mais bonitas da cidade é a Plaza España que te convida para um passeio ou um descanso em um dos seus longos bancos a fim de apreciar seus belos painéis feitos de azulejos espanhóis e fontes. Nos finais de semana acontece uma feira de artesãos.

Argentina · Mendoza

Comprando vinhos no exterior

Comprar vinhos no exterior é uma tentação porque os preços são realmente muito mais baixos, mas recomendo que compre no seu último destino, caso contrário a taxa para embarcar o peso extra pode não compensar.

Como evitar a taxa por excesso de bagagem

Em Mendonza, por ser a cidade dos vinhos, não tivemos problemas, porque nem pesaram nossas bagagens, mas como fomos para Santiago e ficamos um dia lá, tivemos excesso de bagagem. Isso, no entanto, é logo resolvido se você estiver bem cotado na companhia por ter muitas milhas no seu cartão de fidelidade. Como estávamos na categoria prata do Smiles, ganhamos crédito de 10kg e não tivemos problemas. A taxa de excesso de bagagem na Argentina é de US$3 por kilo, já na Europa é de 13 Euros por kilo.

Alfandega

A cota para bebidas alcóolicas para ficar livre de impostos é de 12 garrafas por pessoa (maior de 18 anos). Além disso é preciso respeitar a cota de US$500. Ultrapassada essa cota é necessário fazer uma declaração a Policia Federal e pagar um imposto de 50% em cima do excesso.

Somada a essa cota, há a cota de US$500 do free shop e o limite de 24 garrafas por pessoas (até 12 do mesmo tipo).

Embarcando os vinhos

A melhor maneira de embarcar os vinhos é em caixas de isopor apropriadas que são vendidas desde 15 a 40 pesos em lojas especializadas em toda a cidade.

Onde encontrar

Essas caixas compramos em uma loja ao lado do nosso Hotel Argentino na calle Espejo, mas vi também na Winery, uma das lojas de vinhos mais completas da cidade.

Lá você encontra os mais diversos rótulos,

acessórios,

e também um Wine Bar, onde é possível provar os vinhos de todas as vinículas da região.

Uns acessórios legais que compramos lá foram um corta gotas e uma rolha para fechar a champagne depois de aberta.

Além disso as geléias de vinho, em especial as de Malbec e Torrontés, vinhos característicos da região são imperdívei e uma ótima lembrança para dar de presente, pois custam cerca de 30 pesos cada.

Outra dica é o tax free, que é o reembolso do imposto (IVA) de produtos fabricados na Argentina, recebido no aeroporto ao deixar o país. A devolução é de 21% do valor da compra igual ou superior a 70 pesos.

Preços do Vinhos

Os preços dos vinhos nas lojas e nas bodegas não varia muito, mas no free shop é bem mais caro. Alguns preços…

Chandon 750 ml R$25,00

Baron B 750ml R$60,00

Veuve Clicquot R$90,00

Malamado R$30,00

Q R$40,00

Argentina · Mendoza

Mendoza | Parque General San Martin

Outro passeio imperdível em Mendonza é conhecer o Parque General San Martin. Com 400 hectares e 17 km de trilhas é uma das áreas verdes mais importantes da Argentina.

Suas alamedas arborizadas são decoradas com 34 esculturas e abrigam mais de 300 espécies de plantas de todo o mundo que foram doadas pelos países, inclusive o Brasil, para a construção do parque.

Uma das esculturas mais bonitas do parque são os portões que vieram da Escócia.

Dentro do parque fica a Universidade de Cuyo, que é como se fosse a nossa Cidade Universitária, o Estádio Malvinas Argentinas e um jardim de rosas com mais de 1000 espécies.

Rosedal

Abriga também o Anfiteatro Frank Romero onde realiza-se todo ano na primeira semana de Abril a ‘Fiesta de la Vendimia’ ou a festa da colheita da uva.

Anfiteatro da Festa da Colheita

Há também o Museu de Ciencias Naturais, um jardim botanico, um zoológico e uma lago artificial criado pelo Clube de Regatas.

Lago de Regatas
Cerro La Gloria

Há também uma grande área de lazer com churrasqueiras que fica lotada aos finais de semana.

Parque General San Martin

Ave Los Platanos, Mendoza, Argentina