Américas · Estados Unidos · Nova York

Nova York | Dicas de Compras no Jersey Gardens Mall

Outlet em Nova York é uma loja de marca ou um lugar cheio delas que vende as roupas mais baratas por serem das coleções passadas ou terem algum tipo de defeito. Portanto os modelos e as numerações são muitas vezes limitados e às vezes vale a pena comprar em Manhattan mesmo se quiser uma peça mais atual.

A diferença, na maioria dos casos, não é tão grande assim, como no exemplo dos tênis – essa foi uma das nossas maiores dúvidas no início – e realmente não vale a pena comprar no Outlet porque em Manhattan você consegue os modelos mais bonitos e quase pelo mesmo valor.

Os dois principais outlets de Nova York são o Woodbury Outlets e o Jersey Gardens. Nossa primeira opção foi pelo Jersey Gardens tanto pela proximidade quanto pelo conforto, pois ele é todo coberto, ao contrário do Woodbury e principalmente por Jersey ser um estado ISENTO de taxas, o que deixa o valor dos produtos ainda mais atraente. Pegamos o ônibus na estação de Port Authority (42nd x8th) que nos deixou na porta do Outlet.

jersey-gardens-outlet-ny porth authority como ir jersey gardens

Do lado esquerdo, passando pela porta de entrada, fica o balcão de atendimento ao turista onde você retira os cupons de desconto e o mapa de lojas do lugar. Muito cuidado ao usar o cupom de descontos porque se a promoção da loja for maior que o desconto oferecido pelo cupom, ou eles não permitirão o uso do mesmo – os descontos não são cumulativos na grande maioria dos casos – ou te darão o desconto menor.

Outra dica é imprimir os cupons perto da data da viagem porque eles tem prazo de validade. cupom desconto outlet

O mapa de lojas também é extremamente importante, e se possível o ideal é imprimí-lo em casa e já anotar as lojas que deseja visitar porque são dois andares cheios de lojas e é impossível ir a todas em um único dia, a solução é priorizar.

A lição de casa também vale na hora de escolher qual o melhor outlet para você: dê uma olhada na lista de lojas dos lugares e decida qual vale mais a pena para você.

jersey-gardens-outlet-nova-york

As compras que mais valem a pena são na loja da Victoria Secret, mas é preciso paciência para encontrar peças ‘normais’ para o padrão brasileiro que não seja calçolão ou ‘thong’, 8 ou 80.

Uma dica é ir primeiro na loja oficial em Manhattan e tirar suas medidas com a vendedora, assim você já chega no outlet sabendo o tamanho do seu ‘cup’ ou bojo, que é a medida usada para a peça superior. Também há descontos nos cosméticos e um ótimo souvenir é o famoso creminho da Victoria – pegamos uma promoção de compre 6 e leve 10 por US$20.

Victoria secrets outlet ny

Adidas e Nike também são ótimos negócios para dar um ‘up’ no seu ‘look’ de academia e na Calvin Klein encontramos descontos enormes tanto nas roupas sociais como nos casacos de frio que são ótimos.

A Thommy também tem boas peças e promoções e a Levis para modelos específicos, como a 501 que o Rogério adora, tem preços bem mais baixos do que no Brasil. Relógios, óculos, perfumes e tênis realmente NÃO valem a pena. Mesmo preço do Brasil e pequena variedade!

Os melhores preços para esses itens estão na Sephora, Macy’s e Bloomingdales. Para os tênis qualquer loja de esportes de Manhattan. A Forever 21 também é ótima para aquelas peças ‘fast fashion’ que você não pode deixar de ter, mas que não merecem um investimento maior porque já estarão fora de moda em três meses. A qualidade não é das melhores, mas o preço é excelnte.

forever21

A Burlington e a Century 21 são concorrentes e lotadas de itens grifados de coleções passadas por preços bem acessíveis, mas reserve a paciência para encontra ‘a peça’ dos sonhos. A Abercrombie e a Hollister, queridinhas dos jovens descolados, também tem bons preços nos moletons e camisetas.

abercrombie-jersey-gardens-outlet

Outra loja que eu adoro é a Bed, Bath & Beyond com itens incríveis e baratos para a casa, mas a do Outlet não é uma das mais completas.

No balanço final achamos que a visita valeu a pena e compramos algumas coisas a preços muito bons. Assim que saímos o ônibus ainda não havia chegado e estava um frio de 0º, nós com um monte de sacolas e além disso tínhamos uma ópera no MET à noite. Depois de 30 minutos esperando, fui falar com um taxista que estava rondando o lugar. Fechamos e ele topou nos levar de volta para o hotel por US$100. Como estávamos em 4 pessoas, US$25 foi o dinheiro mais bem gasto da viagem e voltamos rápidos e quentinhos.

Deixamos as coisas no hotel e fomos voando para 79th no Lincoln Center, onde assistimos uma ópera no Metropolitan, leia o post aqui. Como ir A rodoviária de Port Authority fica na 8th com a 42nd e é possível comprar o bilhete na hora. Para o Jersey Gardens compre o da linha 111 da NJ Transit por US$8. Se quiser já compre o da volta ou compre no próprio Outlet no balcão e atendimento ao cliente.

Américas · Estados Unidos · Nova York

Nova York | Central Park e Upper West Side

Acordamos tarde e começamos o dia subindo novamente a 5th Avenue em direção ao Central Park e chegamos no Columbus Circle que junto com a Columbus Avenue é um dos lugares que mais gostei em Nova York. Perto da entrada do Central Park fica a Trump International Hotel and Tower e o Time Warner Center. columbus circle ny Como era época de Natal havia uma feira de artigos e comidas natalinas – do estilo das feiras de Natal alemãs – onde aproveitamos para almoçar. A feira é linda e a comida deliciosa, vale a pena! Columbus Circle NY IMG_3185cpct IMG_3188cpct A Columbus Avenue é cheia de bistrôs e lojas boutique e dois lugares imperdíveis são a Best Buy, onde encontramos os melhores preços para eletrônicos, e a William & Sonoma, uma loja de artigos culinários para chefes de cozinha. Encontrei um maçarico (torch) para crème brulet por um preço excelente, mas o gás não pode trazer, hein! Seguimos então para o Central Park que é o pulmão de Manhattan e se extende por 51 quarteirões, da 59th até a 110th e tem 15o km de caminhos para pedestres. central park ny A ordem aqui é priorizar quais pontos você gostaria de ver e escolher alguns dos caminhos disponíveis. central park ny O parque foi projetado durante 20 anos pelos paisagistas Frederick Law e Calvert Vaux e quase tudo lá foi feito pelo homem em uma área pedregosa e de pouca vegetação: o gramamdo, os lagos e o bosque. central park ny Começamos o passeio pela Grand Army Plaza na 5th Avenue com a 59th. Seguimos a trilha à oeste que conduz a um lago. central park ny Contornamos o lago e chegamos até o Wollman Memorial Rink, que no inverno, de outubro a abril, é usado para patinação no gelo. Nos demais meses é usado como parque de diversões. central park ny Ali perto fica a leiteria ou Dairy, construída em 1870 para fornecer leite e brinquedos para as crianças da cidade. Hoje é um centro de informações turísticas. À oeste dali fica o Carrossel e à leste o Central Park Zoo. Uma opção é fazer um ‘tour’ pelo parque nas várias carruagens que esperam ao redor dele ou alugar uma bicicleta nas lojinhas próximas ao parque. central park ny IMG_3237cpct IMG_3248cpct Como estava muito frio desistimos de percorrer o parque todo e não fizemos a parte norte onde estão o Belvedere Castle (aquele que aparece no filme dos Smurfs), o Shakespeare Garden e o Strawberry Fields. Desculpa para voltar outra vez! Central Park ny map Dali fomos até a Bloomingdales, na 59th com a Lexington, uma das mais famosas lojas de departamento americanas. Assim como a Macy’s, estrangeiros tem desconto de 15% nas compras. Basta mostrar o passaporte no balcão de atendimento ao turista e conseguir o voucher. bloomingdales ny A loja tem vários andares e reúne a maior parte das marcas de luxo do mundo. IMG_3253cpct Lá encontramos os melhores preços de relógios como Michael Kors e maquiagens. No final, você ainda troca as notas da compra por um presente de Natal da loja. IMG_3258cpct No térreo também fica uma filial da famosa Magnolia Bakery com os famosos cupcakes do seriado ‘Sex and the City’. IMG_3259cpct Realmente são muito gostosos e cairam muito bem para um lanche no final da tarde. IMG_3261cpct De lá partimos novamente para o Lincoln Center, mas desta vez para assistir o espetáculo pelo qual eu mais esperava – o Ballet do Quebra Nozes.

Américas · Estados Unidos · Nova York

Como comprar Ingressos da Broadway com desconto

Chamada de rua principal pelos colonizadores a Broadway é a mais comprida e mais antiga rua de Nova York. Nos primórdios surgiuram bordéis, bares e casas de jogos e foi só a partir de 1860 que começaram a surgir os primeiros teatros ao longo da rua. Com a chegada da eletricidade em 1880 os prédios ganharam os primeiros painéis luminosos e o local se transformou no ‘Theater District’.

Para turistar os teatros mais bonitos e famosos são o Ed Sullivan Theater (1697-1699 Broadway), o Lyceum Theater (149 West 45th), o New Victoria Theater (209 West 42nd) e o Paramont Theater Building (1501 Broadway) onde é gravado o ‘Late Shoe with David Letterman’. Com seis meses de antecedência você consegue comprar ingressos online para o show.

broadway

Com o passar dos anos a área decaiu muito, os teatros passaram a apresentar filmes pornograficos e a área ficou cheia de prostitutas e cafetões, no estilo do centro de São Paulo, para quem conhece.

E como prova de que planejamento, investimento e boa vontade podem resolver tudo, com a eleição do prefeito Giuliani a área sofreu uma agressiva operação limpeza que transformou a região com a proibição de barulho, jogos e prostituição. Hoje a área é linda, super segura e policiada e um dos pontos mais visitados da cidade.

broaway

E, afinal, uma viagem para Nova York, na minha opinião, não está completa sem uma peça da Broadway. Os preços costumam ser um pouco salgados a princípio, mas bastam algumas dicas e um pouco de boa vontade (como acordar cedo para chegar à bilheteria, pegar fila ou assitir ao espetáculo de pé) para conseguir ingressos com descontos de até 60%off.

broadway

Off Broadway e Off Off Broadway

A primeira opção é assistir às peças e musicais Off Broadway que são representados em teatros menores que os da Broadway, mas maiores que os do Off Off Broadway.

broadway

Os teatros Off Broadway possuem entre 100 e 499 lugares enquanto que os Off Off Broadway possuem menos de 100 assentos. Por consequência os ingressos são mais baratos e é uma ótima maneira de vivenciar a experiência de ir a um teatro em Nova York. As peças e horários podem ser conferidas aqui.

Lottery Rush

Agora se faz questão de uma peça da Broadway, pode apostar na Lottery Rush. Cheque no site oficial o horário da lottery (2,5h antes do início do espetáculo), inscreva seu nome na entrada do teatro e torça para ser sorteado. Os sorteados devem estar presentes (a identidade é solicitada) e compram os ingressos por  US$40 e o limite é de 2 por pessoa. O valor deve ser pago em dinheiro.

broadway

General, Student Rush e Standing Room

Outra  barbada, são os General Rush, Student Rush e Standing Room em que são dados descontos para os ingressos comprados no horário da abertura da bilheteria (para o mesmo dia) e para assistir ao show de pé. As promoções para cada peça podem ser consultadas aqui.

Hiptix Program

Roundabout’s Hiptix Program permite que seus membros com idade entre 18-35 comprem um par de ingressos por US$22 por espetáculo. Neste caso os ingressos devem ser comprados com antecedência.

Under 30

Para os que tem menos de 30 anos, o site Under 30 vende ingressos para os membros (cadastro gratuito) por US$30.

TKTS

E por fim, a opção mais conhecida que é comprar ingressos na TKTS que vende os ingressos que não foram vendidos com 25% ou 50% de desconto. Portanto, as peças mais famosas geralmente não tem ingressos sobrando, mas sempre tem alguma peça que possa te interessar.

tkts ny

O ponto principal de venda fica na Times Square onde há um painel com o nome das peças e o número de ingressos disponíveis. Também é possível baixar o aplicativo da TKTS para a consulta. Esse guichê é o mais lotado, mas há outros dois locais que são geralmente mais vazios – Downtown Brooklin e South Street Seaport. O horário para compra é geralmente ad 10am às 15pm.

Ticketmaster

Para ingressos inteiros (sem desconto) encontramos os melhores preços na Ticketmaster. Nos compramos nossos ingressos pela Ticketmaster no Brasil mesmo, com certa antecedência para ter mais ofertas de lugares, se deixar para muito perto só vão sobrar os mais caros. Os preços foram os melhores que encontramos e trocamos o voucher na bilheteria do teatro sem problemas.

broadway

As peças que mais gostei foram Wicked que foi eleita a melhor peça de 2012. Wicked conta a estória da amizade entra a bruxa má do oeste e a bruxa boa do norte e da rivalidade que surge quando se apaixonam pelo mesmo homem e vão para o Reino do Mágico de Oz.

broadway

Mas é preciso ter inglês fluente para acompanhar o enredo, pois todos os diálogos são cantados e as piadas fazem parte da letra. Outro espetáculo que é estourado em venda e que tenho vontade de ir é o Book of Mormons, mas também é necessário fluéncia no Inglês.

Para quem ainda está estudando ou não manja nada de Inglês o ideal é optar por histórias mais conhecidas ou dar uma lida nas sinopses antes do musical. Já assistir o Rei Leão, que é a peça mais premiada da Broadway, o Fantasma da Opera , a mais de 20 anos ininterruptos em carataz e os Miseráveis que são ótimos e com histórias já bem con hecidas. Uma amiga minha assitiu o Homem Aranha e também adorou.

broadway

Américas · Estados Unidos · Nova York

Nova York: Flatiron, Eataly e Washington Square

O edifício Fuller, mais conhecido como Flatiron devido à sua forma triangular fica na Broadway com a 23rd e é um dos mais famosos em Nova York. Foi projetado pelo arquiteto Daniel Burnham e tem um formato incomum por causa do formato do seu terreno. Foi o primeiro arranha-céus com estrutura de aço e foi durante algum tempo um dos mais altos do mundo. flatiron building ny O prédio ficou famoso em 1903 em uma foto preto e branco do fotógrafo Alfred Stieglitz. O ideal é fazer esse passeio às 2ª, 4ª, 6ª ou sábados que é quando os agricultores se reunem no Greenmarket na Union Square na região de SOFI (South of Flatiron) há uns 10 minutos de caminhada do edifício. Como estava frio ficamos com uma preguicinha básica de andar e entramos no Eataly que fica bem em frente e passamos a tarde toda lá. eataly ny O Eataly é um mega mercado/ restaurante de propriedade de Mario Batalli cujas filosofias são ‘eat well, live better’ e ‘we eat what we cook and we cook what we sell’. Todos os produtos vendidos são importados da Itália ou produzidos conforme as tradições do país. Tudo muito fresco e variado. Dá vontade de morar em NY, só para poder fazer compras no Eataly. eataly Na entrada, próxima ao metrô e ao Flatiron ficam os stands de café expresso e uma ‘panineria’ ou sanduicheria onde dá para aprender um pouco sobre os diversos tipos de presuntos italianos. eataly ny IMG_3413cpct À direita fica o mercado com vários itens frescos como queijos, salames, carnes, peixes, verduras e temperos. eataly ny No centro e à esquerda fica La Piazza onde é possível provar os queijos, presuntos e vinhos encostado nas mesinhas bistrô. Para conseguir provar alguma coisa, é só esperar por uma mesinha, o que pode demorar um pouco. eataly ny Próximo à Piazza fica a Escola de Culinária onde é possível agendar aulas com os chefs locais. As aulas duram 1h30 e custam cerca de US$100. A casa também oferece um tour guiado por cerca de US$40 com direito à degustações. Leia mais informações aqui. eataly ny No fundo do local ficam as três praças de alimentação, uma atende ao La Pizza & La Pasta, onde almoçamos, outra ao Il Pesce e ao La Verdura e a última ao restaurante Manzo. Os restaurantes não aceitam reservas, então assim que chegar dirija-se à hostess do restaurante escolhido e peça uma mesa. Ela anotará o número do seu telefone e assim que a mesa estiver liberada ela te ligará, assim você pode passear pelo local enquanto espera. eataly ny Começamos com uma entrada de azeite e pão italianos e a rainha do almoço, uma mussarela de búfala fresquíssima, cremosa e legitimamente italiana. Depois partimos para as massas, uma mais deliciosa que a outra. eataly ny Depois de toda essa comilança pegamos o metrô novamente e descemos no Greenwich Village onde conhecemos a Washington Square. Descemos na estação West 4th/ Washington Square. A partir daí andamos uma quadra e já estávamos no Washington Square Park que além de praça pública, é um espaço para performances e campus da NY University que é dona da maioria dos edifícios que o circundam. washington square A norte da praça fica o Washington Arch construído em 1892 para comemorar o centenário da posse de George Washington. IMG_3454cpct IMG_3455cpct IMG_3460cpct Fechamos a noite em um bar Cubano próximo à Times Square. Foi ótimo! IMG_3463cpct Eataly 23rd Street x 5th Avenue Aberto diariamente das 10h às 23h

Américas · Estados Unidos · Nova York

Nova York: Hospedagem, locomoção, celular e Internet 4G

É muito fácil circular por Nova York. A ilha é resumidamente dividida em três partes: Uptown, região residencial da classe A onde fica o Lincoln Center e o Central Park; Midtown, onde ficam as principais atrações como a Times Square, Flatiron, Empire Station, Grand Central Terminal entre outros e Downtown, que é a ponta da Ilha onde fica o Distrito Finaceiro, Little Italy, Chinatown e o Battery Park de onde sai o barco para a Estátua da Liberdade. mapa_ny

 

Hospedagem

The Manhattan at Times Square

As principais atrações ficam em Midtown onde passamos a maior parte do tempo na cidade e por isso preferimos nos hospedar por lá. Nós ficamos no Manhattan at Times Square que fica a poucos passos da Times Square, na 7th com a 51st e também próximo ao Central Park. manhattan at times square O hotel é 4 estrelas e o quartos é muito espaçoso, com cama enorme, calefação e vários apetrechos no quarto como chaleira elétrica, despertador e TV LCD. Só sentimos falta de um frigobar, mas como era inverno colocávamos as bebidas encostadas no vidro da janela e em poucos minutos elas estavam geladinhas! Outro ponto fraco é o Wifi que só funciona no saguão do hotel. Mas gostamos bastante e recomendo. manhattan-bedroomcpct

Pod 51

Duas amigas nossas ficaram no Pod 51, na 51st entre a 2nd e a 3rd, que é um hotel duas estrelas novinho e inspirado no conceito de barco. Os quartos são todos pequenos pequenos, como as cabines de barco, e há opções com beliche e banheiro fora do quarto, quartos coletivos e de casal com banheiro privativo.

Visitei o quarto duplo com beliche e apesar de pequenos é bem funcional. Há quatro banheiros disponíveis e um painel dentro do quarto que indica qual está livre para banho.

Pod Hotel New York

O hotel é bem limpo e organizado e o Wifi é gratuito e funciona em todos os lugares. Há uma mini lanchonete com alguns salgados e bebidas muito útil para os ‘after parties’! Super recomendado.

Pod Hotel New York

E pesquise bastante porque hospedagem em NY é caro. Um quarto de casal em um hotel simples não sai por menos de R$350-400, a não ser que você fique em quarto coletivo o que faz com que esse valor caia pela a metade.

St. James Hotel

Da última vez que fomos para NY ficamos no St James Hotel em plena Times Square na 42nd. Excelente localização, preço ótimo, só um pouquinho ‘old dated’ como a maioria dos hoteis de NY, mas recomendo!

 

Locomoção

As ilha foi toda planejada, portanto as ruas seguem um padrão ‘xadrez’ só com algumas exceções como a Broadway que corta toda a ilha perpendicularmente. Além disso as ruas e avenidas são numeradas, sendo que a rua 1 fica no sul da ilha e o número vai aumentando até o norte. As avenidas com algumas exceções também são numeradas sendo a mais famosa a 5th Avenue.

Não é necessário carro, pois além do trânsito na ilha ser caótico e os estacionamentos caríssimos, há muitas linhas de metrô que te levam para todo canto.

mapa metro ny

O metrô parece um pouco complicado de se usar para quem chega pela primeira vez, mas há mapas em todas as estações e logo você se acostuma. A primeira regra é identificar qual linha você precisa pegar (verde, amarela, azul ou vermelha) e definir se você vai sentido parte norte da ilha (Uptown) ou parte sul (Downtown).

Se precisa fazer baldeação verifque qual linha (verde, amarela, azul ou vermelha) está mais perto de onde você está e que ofereça conexão com a linha que você deseja pegar.

ny

Na saída da estação de metrô para não errar o lado veja se deseja sair do lado norte, sul, leste ou oeste da rua. Uma dica é se guiar pelos rios: o rio Hudson fica à oeste e o rio East à leste.

Confesso que esse foi o mais difícil e sempre saíamos do lado errado! Sempre ande com uma mapa da cidade e um do metrô. A maioria dos guias vem com os dois. O guia que usei e que foi ótimo, com os dois mapas completos e várias dicas de roteiros a pé.

A última dica é prestar atenção se está na linha local que pára em todas as estações ou na expressa que pára somente em algumas. Um mapa facimente te indica isso, mas na dúvida, pegue a local.

Enquanto estava lá usei muito o mapa e o aplicativo para Iphone chamado NYC Subway que descobri lá e adorei: basta digitar o endereço desejado e ele te dá todas as linhas e baldeações que você deve pegar.

IMG_1756cpct

Digite o endereço de partida e do endereço de destino e selecione “Fastest Route’, ou seja, rota mais rápida.

metro ny

O aplicativo te mostra a linha que deve pegar e em qual estação deve descer e, no exemplo, para qual linha é necessário fazer baldeação e a nova estação de destino. Para conseguir usar o aplicativo basta seguir as próximas dicas de Internet 4G.

Celular e a Internet 4G

Além de usar o Skype e o Facetime, que na minha opinião são as melhores opções para fazer ligações para o Brasil e usar a Internet no dia a dia para usar mapas, aplicativos e ainda postar no Face e no Instagram basta ter um celular desbloqueado.

Com o celular vá a qualquer loja da AT&T e compre um chip pré pago por US$10. Escolha o plano que lhe convier (levando em conta velocidade de conexão, quantidade de MSN, ligações internacionais) e pague para a atendente ou direto na máquina que fica dentro da loja e se parece com um caixa eletrônico.

Os planos pré pagos são anuais ou mensais e não é necessário sequer cancelá-lo. Após o prazo de ‘validade’ ele pára de funcionar. Escolhemos o plano mensal com Internet de 1 GB, ligações ilimitads em todo território nacional (podíamos nos ligar sem custo algum) também liberado para ligações para o Brasil. Pagamos cerca de US$40.

A Internet com velocidade 4G é muito rápida, dá para ficar mal acostumado rapidinho. Outra operadora muito usada é a Tmobile que também oferece planos de celular + Internet a partir de US$50.