Argentina · Mendoza

Mendoza | Dicas de transporte, reserva de visitas aos vinhedos e hotel

Carro Alugado x Remis

Alugar um carro para conhecer os vinhedos ao redor de Mendoza é um pouco complicado por dois motivos: o primeiro é que quase não há sinalização nas estradas e a região não está mapeada no GPS; o segundo é que você vai degustar muitos vinhos nas vinículas e dirigir depois disso não é aconselhável.

A melhor opção, na minha opinião, é contratar um remis – um carro com motorista à sua disposição por um preço fechado, bem mais barato que um táxi.

Fechamos do Brasil com o  Alex Transfer e toda a negociação foi feita por e-mail alextransfers@hotmail.com. O motorista foi pontual, educado e gentil, conhecia todos os caminhos e nos esperou por horas em todas as vinículas que visitamos e também durante os almoços. O carro era grande, novo e com ar condicionado, essencial devido ao calor de quase 40 graus no verão.

Montei o roteiro, enviei ao próprio Alex por e-mail e ele me enviou o orçamento abaixo:

O blog ‘Nos no Mundo’ traz um orçamento com alguns remis e empresas de transfer aqui.

Reservas das Visitas e Almoços

O Alex também faz as reservas das visitas e almoços nas vinículas, mas eu preferi fazer por conta própria. É muito fácil: basta entrar no site de cada vinícula e solicitar a reserva. Você receberá um e-mail de confirmação. Imprima a confirmação e apresente na vinícula oa chegar.

Os hotéis também fazem as reservas, mas não aconselho, pois geralmente você não conseguirá vagas. É preciso reservar com certa antecedência. Utilize o serviço do hotel para reservar os restaurantes em Mendoza.

Onde ficar

Em Mendoza há a opção de hospedar-se na cidade ou em uma bodega. A melhor opção depende do seu perfil. Hospedando-se na cidade você fica próximo aos restaurantes, cassinos, teatros e lojas e não precisa de carro, pois a cidade é compacta e dá para fazer tudo a pé. No máximo vai usar táxi para ir em algum restaurante ou cassino mais distante, mas são muito baratos.

Optando por hospedar-se em uma bodega será essencial contratar um remis pelo dia todo ou alugar um carro, mas reafirmo a dificuldade com a má sinalização das estradas. Há ótimas opções como o Cavas Wine Lodge, Terrazas de los Andes e Aguamiel.

Nós nos hospedamos no Hotel Argentino, bem no centro de Mendoza, em frente à Plaza Independencia e ao lado do Hyatt. O hotel é excelente e a localização não poderia ser melhor. Altamente recomendado.

Fotos de Argentino Hotel, Mendoza

Fotos de Argentino Hotel, Mendoza

Fotos de Argentino Hotel, Mendoza

Fotos de Argentino Hotel, Mendoza

Fotos de Argentino Hotel, Mendoza

Fotos de Argentino Hotel, Mendoza

Para hostels cheque as opções aqui.

Quantos dias ficar

Na minha opinião acredito que o ideal seja ficar de 4-6 dias para que você possa aproveitar tudo o que Mendoza oferece: vinículas, trekking no Aconcágua, esportes radicais entre outros.

4 comentários em “Mendoza | Dicas de transporte, reserva de visitas aos vinhedos e hotel

  1. Olá Selene, boa tarde, bem legal seu blog, muito bem elaborado.
    Fui a Mendoza com minha esposa, em dezembro/2011 e aluguei um carro com GPS na Localiza do aeroporto e não encontrei dificuldade alguma para me locomover até as bodegas, 90% delas estavam mapeadas, foi muito tranquilo e bastante divertido.

    Curtir

  2. Oí , Selene, bom dia, li o seu blog e tentei entrar em contato com Alex, mas ele não me retornou.vou viajar em abril e gostaria de deixar tudo marcado.Você por acaso teria o telefone dele.

    Curtir

    1. Oi, Raquel.
      Desculpe a demora, mas é q o blog agora está em um novo endereço http://www.doiapoqueanovayork.com.br e não tenho mais acessado o blog antigo.
      Infelizmenmte não tenho o telefone do Alex, pois fizemos toda a nossa comunicação por email. tenho outro contato da empresa info@luxurytrips.com.br uma amiga minha usou e gostou bastante.
      Eles também fazem as reservas nas bodegas, mas cobram uma taxa por isso. Eu fiz todas as reservas por email e imprimi as confirmações. Deu super certo e economizei essa taxa. Contratei somente o transporte. O contato para as reservas vc encontra no próprio site das bodegas de interesse. Espero ter ajudado. Quando voltar passe no blog novo para deixar suas impressões sobre Mendoza. Tenho cereteza de q vc vai adorar.
      Um abraço,
      Selene

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s