Alemanha · Europa · Stuttgart

Alemanha | Stuttgart: roteiro de 1 dia entre flores e vinhos na Floresta Negra

Eu estava super empolgada para essa viagem porque iríamos conhecer a Fábrica da Porsche em Stuttgart em plena Floresta Negra!

Voamos de Barcelona diretamente à Stuttgart, alugamos um carro no Aeroporto e seguimos direto para o nosso hotel que ficava bem no centrinho histórico da cidade que é super fofo e bonitinho, bem estilo cidadezinha alemã.

Ficamos no Kronnenhotel, um 4 estrelas bem confortável com café da manhã excelente.

E a 10 minutos a pé da principal rua de Compras do centrinho histórico da cidade.

Saimos do hotel pela Kronnenstrasse e caminhamos até a Konigstrasse, a peatonal comercial mais longa da Europa, cerca de 1,3 km com várias lojas das principais marcas internacionais.

Seguindo pela peatonal saímos na pracinha central da cidade, a Schlossplatz, que é uma jóia, cheia de jardins floridos e flores das mais variadas cores.

Claro, isso porque demos a sorte de viajar na primavera, imagino que no inverno a paisagem seja muito mais monocromática.

Ainda tivemos a vantagem de que era época de Copa do Mundo e portanto, tanto a praça, como os gramados e restaurantes estavam todos equipados com super telões nos Biergarten.

O que foi um incentivo a mais para que todos os alemães estivessem fora de casa lagartixando no sol escaldante de 35 graus!

Na Schlossplatz fica o Palácio Real (Neues Schloss) reconstruído em estilo gótico tardio depois da sua quase completa destruíção na Segunda Guerra e que hoje abriga alguns órgãos do Governo como o Ministério das Finanças.

Bem em frente ficam os Jardins do Palácio que são imperdíveis, pricipalmente se estiver visitando a cidade na primavera/ verão.

É bem interessante notar como esse povo sabe aproveitar o verão e como eles dão valor à luz solar, coisa que nós brasileiros nem paramos para pensar porque a temos em abundância e disponível o ano inteiro.

Todos na rua fazendo pique-nique pós trabalho ou tomando banho de sol em pleno dia de semana, afinal são só 3 meses do ano que eles têm esse privilégio.

Um pouco mais à frente está o Palácio Antigo (Altes Schloss), da época medieval e que hoje é uma espécie de museu e sala de exposições.

Nós entramos em uma das salas e encontramos uma Vernissagen de vários pintores alemães como comida e bebida de graça! Estávamos o dia todo sem comer porque nosso vôo havia sido bem na hora do almoço e atacamos os pretzels com manteiga e pro seco. 😊

Seguimos nos perdendo pelas ruazinhas medievais, entrando de lojinha em lojinha, passamos pela Tchibo claro!

E pela Stiftskirche uma das principais e centricas da cidade.

A Igreja foi totalmente destruída na Segunda Guerra e por isso parte do seu interior reconstruído é super moderno fazendo um contraste super bonito com a parte antiga.

Terminamos a noite em um Biergarten chamado Alte Kanzlei onde assistimos o jogo da Russia contra a Grécia tomando um típico vinho da região, o Riesling.

O restaurante tem a área interna que é bastante elegante e uma terraça externa, que na época em que fomos, além de muito calor, havia um telão instalado para os jogos da Copa. Essa área da terraça era bem informal, apesar de que o cardápio é o mesmo para as duas áreas.

Eu fui de Käsespäzler que é uma espécie de nhoque de batatas, só que menorzinho, com molho cremoso de queijo, bacon e ervas bem tradicional da cozinha Suabia.

Aliás um ponto a ressaltar é que Stuttgart é uma das principais regiões vinícultoras da Alemanha.

Já na entrada da cidade, se vê bem sua geografia de vale circundados por colinas de vinhedos. É uma das imagens mais bonitas da cidade.

O vinho mais afamado é o Riesling, branco e seco, mas também há algumas opções de tinto como o Schwarzriesling.

No dia seguinte acordamos cedo e fomos para a fábrica da Porsche trabalhar. Eu estava ansiosa esperando ver a linha de produção, o Museu da Porsche, mas infelizmente o escritório em que fomos era na parte antiga da fábrica e não vimos nada de moderno lá. Mas devo confessar que o restaurante da fábrica é pra ninguém botar defeito. Uma comida deliciosa e com mais opções impossível. São vários “postos” de comida que você escolhe conforme seu gosto: comda saudável, de saladas, de churrasco, de comida italiana, de comida alemã, um só para sobremesas… incrível!

Mas tenho outra viagem para lá em Outubro e dessa vez está planejada a visita com certeza!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s