Américas · Brasil · Paraty · Rio de Janeiro

Paraty | Como chegar e Passeio pelo Centro Histórico

Aproveitamos um feriado prolongado de 4 dias para conhcer a última parte da Rota Real (Ouro Preto, Mariana e Tiradentes conhecemos em Julho desse ano). Viemos de São Paulo pela Rio-Santos, pois decidimos que queríamos passar e conhecer todas as praias do Litoral Norte: Bertioga, Caraguatatuba, São Sebatião, Ubatuba e por fim Paraty. Em Ubatuba fica uma das sedes do Projeto Tamar que quero tentar conhecer no domingo, no trajeto de volta. Foram cerca de 400km rodados em 6 horas de estrada e que me permito dizer que passaram voando e não foram nem um pouco cansativos devido à beleza das paisagens que foi nos distraindo pelo caminho. Recomendo!

Outra opção é seguir de São Paulo pela Carvalho Pinto até Ubatuba e depois seguir pela Santos até Paraty. Fica um pouco mais rápido e ainda se consegue curtir um pedacinho da Orla. Chegamos em Paraty por volta das 15:30, mas com aquele sentimento que já estávamos passeando desde cedo e não necessariamente tínhamos que chegar ali para começar a diversão.

Deixamos as coisas na Pousada e a dona, Selma, nos mostrou o mapa da cidade e nos deu várias dicas de passeios, inclusive vários inéditos, que não haviamos lido em nenhum blog ou guia. O problema da quantidade de opções é que eu quero experimentar tudo e tentar encaixar nos quatro dias que temos não é fácil. Como já eram quase cinco da tarde fomos dar uma volta pelo Centro Histórico. Não tinha ideia de como seria difícil caminhar sobre aquele calçamento pé de moleque, mesmo já tendo lido muito a respeito.

A periculosidade, por assim dizer, é tamanha, quebra-se um pé fácil ali rsss que é impossível caminhar e olhar as lojinhas ao mesmo tempo. Os olhos permanecem fixos ao chão para evitar um tombo iminente e o risco é perder a beleza do lugar. Por isso vá com sapato de sola de borracha e tenha paciência. Caminhe com calma, entre nas lojinhas, tire fotos, curta o clima da cidade.

Paraty é uma cidade colonial, fundadada em 1667, então imagine a riqueza dos detalhes das construções, que escondem símbolos maçônicos e tradições da época como os vidros do lado de fora da janela, que eram sinal de riqueza, já que o mesmo era importado e do lado de dentro o vizinho não iria ver, certo? Paraty foi considerada patrimônio nacional pela Unesco e o Centro Histórico é cheio de lojinhas de souvenir, cachaçarias que vendem licores, doces, pimentas e claro, cachaça.

A sensação da cidade é a cachaça Gabriela, de cravo e canela. Isso mesmo! Inspirada em Jorge Amado já que o filme foi feito aqui. É possivel fazer degustação na própria loja ou tomar o famoso drink Jorge Amado em um dos muitos cafés e restaurantes da cidade – a mistura de cachaça Gabriela, limão e maracujá é uma das mais populares da cidade. Além das pimentas, é claro!

O primeiro ciclo de desenvolvimento econômico de Paraty foi a cana de açúcar, por isso, além da cachaça há muitas lojas e carrocinhas de doces na cidade como quindins, cocadas, rapaduras etc.

No centrinho você encontra várias igrejinhas coloniais (a matriz é a de Nossa Senhora dos Remédios), algumas pracinhas com coreto, pipoqueiros e simpáticos velhinhos lendo o jornal e muitos, mas muitos restaurantes.

Além disso, Paraty tem mais estrangeiros por metro quadrado do que a capital do Estado. Eles adoram e lotam a cidade. Ouso dizer que ouvi mais outras línguas que o próprio português e muitos, inclusive, largaram tudo para vir morar e trabalhar na cidade!

Há duas praias, bem próximas ao Centro Histórico – cerca de 5 minutos caminhando – que valem uma visitinha rápida, já o mar não é tão transparente, areia é grossa e são bem lotadas e um pouco sujas. Mas a vista que se tem da baía é incrível. Nós não gastamos mais que meia hora nas duas praias, a do Pontal e a do Jabaquara.

Na volta ao centrinho, já estava escuro e decidimos que queríamos tomar alguma coisa e jogar conversa fora. Escolhemos o restaurante Thay Brasil, super bem recomendado e uma ótima surpresa, mas que já é assunto para outro post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s