Alemanha · Berlim · Europa · Uncategorized

Palácio de Charlottenburg em Berlin

Charlottenburg hoje é um dos bairros mais caros e cobiçados de Berlin. Ele é super central e bem conectado, próximo da Ku’damm, Tiergarten e do Jardim Zoológico. O bairro é bem familar cheio de predinhos de três ou quatro andares que compartilham um pátio interno, construção bem típica de Berlin. Apesar de bem central há muitos espaços verdes tanto no Tiergarten como no Parque do Palácio de Charlottenburg.

O Palácio de Charlottenburg foi construído de 1695 a 1699 como uma residência de verão para Sophie Charlotte, a esposa do então príncipe Frederico III.

Inicialmente ele era bem menor e se chamava Lietzenburg. Em 1701 Frederico III foi coroado como rei Frederico I da Prússia e sua então esposa rainha Sophie Charlotte. Frederico I ordenou que se iniciasse a ampliação do castelo para que fosse mais apropriado ao estatus atual de sua esposa.

Assim o arquiteto Eosander von Göthe foi contratado e o palácio começou a ser ampliado inspirado no Palácio de Versalhes na França.

Infelizmente a rainha Sophie Charlotte não viveu para ver o Castelo terminado e faleceu de pneumonia em 1705. Logo depois de sua morte tanto o palácio quanto à vila em que ele ficava (que posteriormente foi incorporada à cidade de Berlin) foram renomeados em sua homenagem.

As obras foram terminadas por seu filho, Frederico II “O Grande” que fez do palácio sua residência. Seu palácio de verão ficava em Potsdam, escrevi um post aqui.

A ampliação durou mais de cem anos e foram incorporados a Orangerie, uma nova ala, a Belvedere, um mausoléu e um teatro, finalizado em 1791. Infelizmente o palácio foi seriamente danificado durante a Segunda Guerra e sua restauração levou mais de 20 anos.

O Palácio é o maior complexo palaciano de Berlin e passou pelas mãos de sete gerações dos Hohenzollern que foram redecorando as salas interiores conforme seu gosto. Tanto o Palácio, o Belvedere, novo Pavilhão quanto o Mausoléu estão abertos à visitação e todos os detalhes foram recriados à perfeição segundo o original. O gabinete de porcelanas KPM (Königliches Porzellan Manufakturer) – fábrica de porcelanas criadas pelo próprio Imperador – e o quarto do imperador Frederico I são os grandes destaques.

O Palácio de Charlottenburg, assim como o de os Palácios de Sansoussi e o Cecilienhof em Potsdam são cuidados pela SPSG (Stiftung Preussische Schlösser und Gärten Berlin- Brandenburg) – ou seja a Associação dos Castelos e Jardins Prussianos – e por isso alem do ingresso individual de cada castelo, existe a possibilidade de se comprar um ingresso combinado que te dá acesso, no nesmo dia a mais de um Palácio. Só preste atenção nas distâncias entre os palácios.

O ingresso só para o Complexo do Palácio Charlottenburg custa 17€ e pode ser comprado online no site oficial. Assim como em Potsdam a vista é sempre com horário marcado.

Mas uma boa notícia é que se você não quiser entrar no Palácio, você pode visitar os jardins, que na verdade formam um parque público – tinha até uma alemã tomando sol de biquini no jardim nondia em que eu fui – e ver todos os edifícios de fora sem pagar nada.

Logo na entrada do Jardim há uma mapa com todo o recorrido e os pontos de visitação bem sinalizados.

O lugar é uma delícia! Um oásis no meio da cidade, me senti imediatamente transportada para outra época. Dei una de alemã sem praia e também me deitei no gramado e fiquei admirando o Palácio.

Fiquei observando os vôzinhos nas mesinhas do Café do Castelo conversando e comendo um pedaço de bolo caseiro com capuccino. Me deu vontade de morar ali, aí lembrei que eles só conseguem fazer isso no máximo uns três meses no ano por causa do frio e a ideia ficou em standby.

Não tive coragem de andar o parque todo porque acteditem ou não o sol estava escaldante, na casa dos 35 graus, então preferi continuar na minha sombrinha. Mas na parte de trás do Castelo há um lago e um jardim barroco lindos que vale muito a pena ver.

Para chegar no Castelo também é super simples. Em frente à estação de metrô Zoologischer Garten pegue o ônibus M45 e desça na estação Luisenplatz/ Schloss Charlottenburg que fica bem na porta do Castelo. Na volta, o ponto fica do outro lado sa avenida e é só fazer o caminho inverso. Felicidade garantida e grátis!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s