Américas · Restaurantes · São Paulo

Lanchonete do Seu Oswaldo no Ipiranga

Ontem, na volta da viagem, como cheguei tarde e perdi o almoço da empresa, aproveitei para repetir a dose na Lanchonete do Seu Oswaldo no Ipiranga. Desde que experimentei pela primeira vez, virei fã. Sabe aquele hamburguer fresquinho, sem gordura, que parece feito em casa? Então, esse é o famoso ‘Hamburguer do Seu Oswaldo’.

A lanchonete é no estilo das antigas, existe há 46 anos, com um balcão central com banquetas e algumas mesas ao redor. Cabem cerca de 45 pessoas no lugar, que abre às 12h30 e fica lotada na hora do almoço. Cheguei às 13h e já não havia lugares para sentar, mas como é lanche a fila anda rápido. Assim que você chega o garçom anota seu pedido e já passa para o chapeiro. Assim que vaga o lugar ele te chama pelo nome e te serve.

Pedi o carro chefe que é o Cheese Salada, mas o que faz esse hamburguer um dos melhores que já provei na vida é a maionese caseira feita por lá mesmo e o molho de tomate frescos pro cima do hamburguer. O local é bem simples e o hamburguer é servido em um saquinho de papel. Não há acompanhamentos, só refrigerantes na garrafa de vidro. Na hora da conta o garçom faz a soma em um pedaço de papel e só aceita dinheiro.

O lugar é tão conhecido que já recebeu o prêmio de melhor hamburguer de São Paulo várias vezes e todo ano é indicado pela Vejinha.

Ontem, na volta da viagem, como cheguei tarde e perdi o almoço da empresa, aproveitei para repetir a dose na Lanchonete do Seu Oswaldo no Ipiranga. Desde que experimentei pela primeira vez, virei fã. Sabe aquele hamburguer fresquinho, sem gordura, que parece feito em casa? Então, esse é o famoso ‘Hamburguer do Seu Oswaldo’.

A lanchonete é no estilo das antigas, existe há 46 anos, com um balcão central com banquetas e algumas mesas ao redor. Cabem cerca de 45 pessoas no lugar, que abre às 12h30 e fica lotada na hora do almoço. Cheguei às 13h e já não havia lugares para sentar, mas como é lanche a fila anda rápido. Assim que você chega o garçom anota seu pedido e já passa para o chapeiro. Assim que vaga o lugar ele te chama pelo nome e te serve.

Pedi o carro chefe que é o Cheese Salada, mas o que faz esse hamburguer um dos melhores que já provei na vida é a maionese caseira feita por lá mesmo e o molho de tomate frescos pro cima do hamburguer. O local é bem simples e o hamburguer é servido em um saquinho de papel. Não há acompanhamentos, só refrigerantes na garrafa de vidro. Na hora da conta o garçom faz a soma em um pedaço de papel e só aceita dinheiro.

O lugar é tão conhecido que já recebeu o prêmio de melhor hamburguer de São Paulo várias vezes e todo ano é indicado pela Vejinha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s