Austria · Europa · Viena

Como visitar o Castelo de Schönbrunn em Viena

O Castelo de Schönbrunn é conhecido como o Palácio de Versalhes de Viena e é um dos monumento mais famosos e mais bonitos da Áustria. Tanto o Castelo quanto os Jardins do Palácio foram abertos ao público em 1779 como uma área recreacional para a população vienense. Engloba uma área de 1,2 km e é considerado Patrimônio Mundial pelo UNESCO desde 1996.

Começou a ser construído no final do século XVII quando o imperador Leopoldo I contratou o arquiteto barroco Bemhard Fischer para projetar um Palácio de Caça para o herdeiro do trono ao lado do palácio imperial château de plaisance.

Meio século depois sob os cuidados de Maria Theresa o Palácio de Schönbrunn tornou-se o foco da vida na corte e pertenceu àdinastia dos Habusburg por seis séculos até passar  para a República da Áustria em 1918 com o final da monarquia. Hoje é um dos maiores tesouros da Áustria.

  • Como chegar

Fomos de metrô e descemos na estação U4 quase em frente ao portão prinicpal onde estão os guichês para a compra dos bilhetes. Há vários tipos de bilhetes cujo preço varia dependedendo do número de quartos e atrações que você deseja visitar – veja as opções aqui. Nós compramos o Classic Pass na hora, mas pegamos um pouco de fila. Aconselho a comprar online.

Um detalhe que você deve prestar atenção é quais quartos você deseja visitar e se o ingresso inclui a visita ao jardim do Palácio (Crown Prince Garden) e à Gloriette que são imperdíveis. O Classic Pass inclui quase todos os quartos, o jardim, a Gloriette e o Labirinto (Maze) que é uma área com atrações para as crianças, lanchonete e toiletes.

Vistas do jardim a partir da La Gloriette

Depois de comprar os ingressos caminhamos até o Portão A e alugamos o audio guia, que é bem interessante, pois vai contando toda a história da Áustria e tem opção em português também.

 

  • O que visitar

O interior do castelo é lindo, mas fotos são proibidas. Muitas obras de arte e objetos que eram usados pelos imperadores ainda estão lá como a cademia de ginástica da Sissi, toda feita de madeira, mas com aparelhos muito parecidos com os de hoje. O palácio é constantemente restaurado, portanto toda a decoração e pinturas estão em ótimo estado.

O jardim é o ponto alto do lugar, super bem cuidado, com flores coloridíssima, inúmeras fontes e esculturas, bem no estilo geométrico de Versalhes. Caminhamos por todo o jardim, passeamos no Labirinto e depois andamos até a Gloriette que é um terraço localizado no top do Schloss Berg.

Para entrar na Gloriette é preciso seu ingresso dê acesso ao terraço, pois é de onde se tem uma vista panorâmica do jardim e do palácio.

No interior do terraço em um espaço todo de vidro está o Café La Gloriette onde antes aconteciam as festas do palácio.

O lugar é muito bonito e ideal para se tomar um melange, o café com leite típico de Viena e um pedaço de Sacher Torte, a mais tradicional da região, que é basicamente um bolo de chocolate úmido com recheio de geléia de damasco e cobertura de chocolate.

À noite vários espetáculos  e concertos acontecem no castelo. Dentro do próprio castelo, durante a visita, é possível comprar ingressos para a mesma noite inclusive.

SchlossSchönbrunner

SchönbrunnerSchloßstraße 47

Metrô – Estação U4

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s