Américas · Canadá · Toronto

Toronto: Dicas práticas – Compras, Acomodação, Restaurantes e Internet

Toronto é uma cidade super cosmopolita e lembra um pouco Nova York, na parte da cidade onde estão seus arranha-céus super modernos e cheios de design. Também o climinha de ilha, apesar de Toronto não ser uma ilha, mas por estar à beira dos Grandes Lagos a cidade tem um pouco do estilo estilo praiano, mas, claro, que nao no inverno.

Transporte

  • Metrô

Mas por outro lado os pontos turísticos da cidade são bem espalhados e o metrô apesar de ter várias linhas, não é tão ‘completo’ quanto o de Nova York’. Ele te leva para todos os lugares, mas você acaba tendo que andar um pouco mais da estação até a atração. O metrô é o principal meio de transporte da cidade.

Nossos amigos no metrô de Toronto
  • Ônibus Turístico (hop on hop off)

Outra opção interessante é o ônibus turístico ‘hop on hop off’ que te dá direito a 4 paradas e subidas. Como estava muito frio pegamos no nosso último dia para conhecer as atrações mais distantes como a Casa Loma e o Distillary District. O ônibus não é novinho não (o de Curitiba o coloca no bolso), mas o importante é que tem calefação e você fica lá dentro quentinho enquanto conhece a cidade.

  • Táxi

É bem carinho e cobra uma taxa extra caso você tenha mais que 3 malas grandes. Usamos só do aeroporto para o Hotel, pois como estávamos em 4 pessoas, era o melhor custo/ benefício.

  • Trem

A estação de trens de Toronto é bem no centro da cidade e do lado da estação de metrô Union Station. Como estávamos hospedados na Clarence Square fomos a pé em 5 minutos. As ruas são bem planas e seguras, inclusive de madrugada.

Trem de Toronto a Quebec

Acomodação

Há vários tipos de hospedagem em Toronto de hotéis 5 estrelas a camas em quarto-dormitório. Como já disse em outros posts não gasto dinheiro com hospedagem mesmo (a não ser que faça parte do tipo de viagem), mas tenho algumas exigências como limpeza, banheiro no quarto e ótima localização – sempre perto de metrô.

Ficamos no The Clarence Park Hotel que nos atendeu plenamente em todos os quesitos. O quarto é simples, mas todo reformado, com calefação, TV LCD e chuveiro bom. O hotel são quatro sobradinhos um do lado do outro e um deles é a sede onde tem wifi e uma cozinha coletiva. Recomendo! E a localizaçao imbatível com vista da CN Tower.

Restaurantes

Toronto tem muitos restaurantes e vários bem legais. Notamos que eles tem um fraco por culinárias asiática e 90% dos restaurantes da cidade vão te servir noodles ou curry. Chegamos a conclusão de que é por a pimenta esquenta…

  • Sky Dragon Chinese Restaurant – Esse foi o primeiro restaurante que fomos em Chinatown. Entramos no susto assim que vimos que servia Dim Sum (que adoramos!) e foi excelente! O restaurante é tipicamente chinês e nada turístico. Só a ‘hostess’ fala um pouco de Inglês. As garçonetes só chinês e foi muito engraçado pedir e entender na mímica. Toneladas de dim sum de camarão e lagosta e centenas de rolinhos primavera de caranguejo depois a conta deu US$50 para 4 pessoas!

  • Eaton Center – Tem uma praça de alimentação enorme com todos os tipos de restaurantes (lembre-se que 90% são asiáticos) e fast foods como McDonald’s, New York Fries etc. No próprio Eaton tem o quiosque de pipocas Kerned que é impedível. 597 combinações diferentes de sabores!

O prato mais famoso do Canadá, Poutine, batatas fritas com molho de carne e queijo do New York Fries.
  • Pizza Rustica  – Restaurante/ pizzaria italiana com umas pizzas bem gostosas. Não se compararm com as de São Paulo, mas também dão de 10 a 0 naquelas borrachentas de Nova York. Recheios bem elaborados como queijo brie com pêra, vale a visita.

  • Mill St. Brew Pub – Este pub é também uma cervejaria artesanal e parada obrigatória no Destillary District. Degustações de cerveja, por litro, por copo, de baunilha, de framboesa, escura, clara… enfim combinações mil.

  • 360º Restaurant na CN Tower – Esse restaurante tem a melhor vista de Toronto (giratório), mas é para uma ocasião especial, passamos a noite de Ano Novo lá. O preço é mais caro que os outros e a comida é normal, mas a experiência é bem legal.

Compras

O Canadá também é o paraíso das compras e por não ser tão lotado as lojas são mais vazias, há mais opções de modelos/ cores que nos Estados Unidos. Os preços são em média um pouco mais caros que nos EUA, acho que cerca de 10%, mas na época que fomos, por exemplo, na semana depois do Natal acontece a Boxing Week onde tudo é vendido pela metade do preço.

Imaginem que já não havia mais calças jeans da Levi’s na loja da Sears do Eaton Center. A Sears é o melhor lugar para comprar chocolates Lindt, com muitas promoções. Compramos tudo com 50$ de desconto porque já tinha acabado o Natal e queriam ‘desovar’ os chocolates temáticos!

O Eaton Center ainda tem Sacks, Nordstrom, Godiva, lojas de esporte de neve, Abercrombie, Aldo, Baby Gap, Disney Store. H&M, Hollister, MAC, Sears, Sony Store, Sunglass Hut, William-Sonoma (amo!) e várias lojas de operadoras de celular para comprar o tal do chip com Internet pré paga.

No estilo outlet eles tem a Marshalls que é super barata (inclusive para comprar a sua bota de neve da Sorel) e vende de tudo de roupas de marcas famosas – muito baratas – até coisas para a casa.

Celular e Internet Pré Paga

O melhor lugar para comprar é no Eaton Center porque lá tem quiosque/ loja da maioria das operadoras. Nós escolhemos a Fido porque era a única que oferecia plano de ligações e Internet que funcionava em todas as cidades canadenses. Em todas as outras o plano funcionava somente em Toronto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s