Asia · Maldivas

Resort nas Maldivas: Adaaran Select Hudhuranfushi (Atol Norte)

Como comentei nesse post de planejamento de uma viagem às Maldivas, o hotel escolhido é o que vai determinar 100% o tipo de experiência que você terá nas Maldivas. Desde as acomodaçoes, aos serviços oferecidos, atividades e valores em geral.

O primeiro passo é definir o orçamento e o tipo de hotel em que ficar. Nós decidimos que queríamos um resort entao pouco a pouco fui refinando as buscas, que confesso podem ser um pouco estressantes, porque há muitas opçoes e muitos preços. Eu usei sites como Tripadvisor e Booking para ir pesquisando a melhor localizaçao, comparar serviços, ler as avaliaçoes e finalmente tomar a decisao final balanceando tudo o que queríamos vivenciar versus o valor a ser pago.

Veja meu vídeo sobre as Maldivas no meu canal do Youtube: https://youtu.be/RQCK08HKEGY

Nós optamos pelo Adaaran Select na Ilha Hudhuranfushi que fica na parte norte dos atoloes que tem menos incidência de chuvas (ótima opçao para quem vai na baixa temporada) e dizem mais corais e portanto muito mais vida marinha.

A rede Adaaran Select tem mais alguns hotéis-ilha por lá, todos padrao 4/5 estrelas, bastante integrados à natureza, com excelente comida (apesar de sistema buffet), spa e lindas praias. O hotel é bem clean e a decoraçao bastante rústica, nao espere luxo, mas espere muito conforto e excelente serviço. As estruturas sao em sua maior parte de madeiras, os estofados em tons de branco e bege e o chao de todos os ambientes, exceto o restaurante, coberto de areia. Tem até uma caixinha com água na porta do quarto para limpar o pé antes de entrar no quarto.

E, como eu queria, o Spa Chavana é incrível! Fiz massagem balinesa e outros tratamentos, como hidrataçao facial, todos os dias. Até encontrei uma brasileira, que vai para lá todos os anos e me disse que sempre que chega já compra um pacote de 10 massagens de tao boa que sao. Realamente, uma das melhores que já fiz, com terapeutas balinesas super tranquilas e atenciosas.

Os produtos eram todos da linha do spa, com ingredientes naturais, seguindo a linha Ayurvédica, super tradicional da Índia que fica ali ao lado.

Com referência à comida, um caso a parte. Eu estava preocupada com o sistema de buffet porque havia lido vários comentários negativos de vários hotéis e, confesso, que o que me fez dar a martelada final do Adaaran Select foram os comentarios super positivos com relaçao à comida.

Apesar do sistema de buffet, a comida era diferente a cada dia e sempre fresca, os rechauds eram sempre repostos e a quantidade e variedade inimagináveis. Além disso, a cada noite também havia um jantar temático, uma noite tivemos comida italiana, na outra de frutos do mar, na outra indiana e por aí vai. Sempre uma opçao de carne grelhada na hora e uma mesa só de frutas tropicais. Eles também tem um restaurante a la carte, que nao estava incluído e nem quisemos experimentar.

Nós fechamos o pacote All Inclusive que dá direito à três refeiçoes, bebidas a vontade em qualquer um dos 5 bares do complexo incluídos piscina e praia e mais um café da tarde por volta das 16:00. Ficamos totalmente satisfeitos.

Os bares de praia/ piscina sao bem organizados e bonitos, mas confesso que as bebidas nao sao servidas no padrao brasileiro de temperatura e os drinks sao adapatados, inclusive a caipirinha, para serem bem mais doces e agradar a maioria do público por ali. Os sucos naturais também nao estao incluídos e tem que ser pagos a parte.

A piscina também tem seu próprio bar e é bastante grande para nao ficar lotada apesar do grande número de bangalôs que há na ilha.

Quanto à hospedagem nós optamos pelo Beach Bangalow, que é o chalé pé na areia de frente para o mar porque, como queríamos optar pelo sistema all inclusive e nao correr o risco de gastar uma fortuna com drinks e outras coisas, decidimos nao escolher os banagalôs com palafitas na água.

O bangalô na palafitas sai o mesmo preço do bangalô de praia, mas no sistema de meia pensao, ou seja, só café da manha e jantar e sem bebidas. E nao nos arrependemos, sabe por quê? Porque os bangalôs na água (Ocean Villas) sao bem mais longe do “hotel” e ficam afastados de tudo, havia até transporte para levar o pessoal até lá e o acesso é direto na água, nao tem uma praia ali.

Além disso, o bangalô de praia é incrível, super confortável e bem pé na areia!

Vista da porta do quarto

O quarto é enorme e a cama super confortável. O banheiro tem dois boxes um interno e outro externo onde você toma banho vendo a luz do luar. É puro charme.

Quanto às atividades extras, o hotel tem um Centro Aquático, que oferece diversas atividades como snorkeling, mergulho, jet ski, pescaria, passeios de barco para ver o pôr so sol etc. Basta inscrever-se no dia anterior e se há no mínimo 2 pessoas o passeio acontece.

Nós andamos de jet ski por lá e adoramos. O passeio é meio que vigilado por um guia para que você nao saia dos limites do hotel e passe por cima dos corais o que pode ser um acidente feio.

Quanto ao snorkel, nao sentimos necessidade de comprar o passeio, já que na própria praia de corais do hotel era possível fazê-lo por conta própria. Só alugamos as máscaras no mesmo centro aquático.

Deixe uma resposta