Américas · Chile · Deserto do Atacama · Santiago

Dicas de restaurantes em Santiago do Chile e Atacama

O Chile é um país extenso e por isso apresenta vários micro climas que influenciam na agricultura e nos diferentes sabores: ao norte, nas terras áridas o destaque fica para a quinua e a carne de lhama. Mais ao centro e ao sul os peixes e frutos do mar são o destaque com suas formas e sabores desconhecidos para nós brasileiros acostumados com as águas mais quentes do Oceano Atlântico.

A bebida mais famosa é o Pisco Sour, uma mistura de pisco, limão, açúcar e clara de ovo em neve. Bem geladinha é deliciosa.

Além do Pisco Sour, outra bebida típica e não alcóolica é o ‘Mate con Huesillos’ que é um chá mate gelado com pêssego seco e grãos de trigo cozido, que parecem milho. Parece estranho, mas é gostoso e é vendido nas barraquinhas no Cerro San Cristóbal.

Há uma herança espanhola e sobretudo andina nos pratos mais típicos como o Pastel de Choclo, ou bolo de milho recheado com carne e as empanadas.

Os peixes mais famosos são o Congrio e a Corvina. Dentre os mariscos destacam-se as machas e picorocos e o principal prato é o Chupe de Mariscos onde são cozindos em um molho de pão. Não deixe de experimentar o ceviche!

Não há pão francês, o pão típico chileno se chama ayuya e é uma delícia, tipo um pão árabe. Vale provar, no seu café da manhã no hotel com certeza não vai faltar e tem em todas as padarias/ lanchonetes.

Em Santiago, há muitas opções de restaurantes e abaixo estão as que fomos e recomendo:

Mercado Central

 

O melhor lugar para comprar peixes, frutos do mar e experimentar uma comida bem típica é no Mercado Central onde há vários restaurantes muito bons. O destaque do lugar é a centolla, um caranguejo bem grande de águas geladas.

É mais ou menos como o nosso Mercado Municipal de SP, mas bem menor. Comemos no El Gastón e adoramos.

 

Como Água para Chocolate

Esse restaurante é unamidade entre os melhores de Santiago e fica no famoso bairro da Bella Vista. Fica uma casinha toda colorida inspirada no filme de mesmo nome. O lugar é disputadíssimo e é preciso fazer reserva pelo site com antecedência. A decoração é bem criativa e acomida é deliciosa. A cozinha é auto intitulada ‘mágica-afrodisíaca’. Começamos com um pisco sour muito bem feito que combinou perfeitamente com entrada de tapas.

Para o prato principal fomos de Congrio com crosta de castanhas e molho de espinafre que estava de lamber os dedos. Para a sobremesa uma trilogia de chocolates belgas com calda de framboesas.

Empório La Rosa

Para um lanche rápido e para um dos melhores sorvetes de Santiago o Empório Las Rosas é a pedida. Os sorvetes são artesanais, cremosos e de sabores exóticos como pétala de rosa (meu preferido), choco-chili e pimenta negra. Há varios sucos-gourmet com um com laranja, manga e água de rosas que o Rogério me pede para reproduzir toda hora, empanadas e o melhor mil folhas!

Le Fournil

O Le Fournil é um bristrô francês e café, localizado no nível superior do Patio Bellavista. O ambiente é agradável e a comida é muito boa. Chegou a ganhar prêmios de “melhor prato” em 2010 e 2011.

Bali Hai

Um restaurante que gostamos bastante também foi o Bali Hai onde jantamos na noite de Natal, bem animado acompanhado de um show de dança Rapa Nui.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s