Chile · Santiago

Santiago | Dicas práticas de roteiro, transporte e hotel

O que conhecer

Acredito que quatro dias sejam suficientes para conhecer Santiago sendo que um deles você pode usar para conhecer Valparaíso e Viña del Mar, no verão, e, no inverno, uma das estações de esqui da região – Valle Nevado, El Colorado e Farellones.

Viña del mar

Valparaiso

Santiago é uma cidade que pode ser visitada o ano todo e emendada com outras cidades como San Pedro de Atacama, ao norte ou Puerto Montt ao sul, entrada para o Cruce de Lagos e para a Patagônia.

AtacamaConcha y Toro

Outro passeio legal é conhecer uma vinícula seja a Concha y Toro, a mais famosa e que dá para conhecer em meio dia ou as mais distantes que ficam no Vale do Colchágua, como a famosa Undurraga a 34km de Santiago.

Chile

Santiago

As duas principais agências de turismo são a Turistik e a TurisTour que oferecem tour para vários passeios na região. Nós usamos a Turistour e aprovamos.

A cidade não é muito grande e as atrações estão concentradas mais perto do Centro.

Clima e Temperatura

O clima é bem seco, algo que eu não imaginava antes da primeira visita, então vale o mesmo kit do deserto, mas mais simplificado: hidratante, protetor labial e solar, colírio e rinossoro, principalmente para nós brasileiros que estamos acostumados com a umidade da Floresta Amazônica.

material para deserto

No verão as temperaturas são altas, mas de manhã cedo à noite faz um friozinho. No inverno costuma ser como o sul do Brasil.

Onde ficar

A cidade é bem segura e policiada, organizada e limpa. O índice de analfabetismo é zero e o governo lidera um programa chamado ‘Un Techo para Chile’ que constrói casas para a população e ninguém fica sem um teto para chamar de seu.

Da primeira vez que visitamos ficamos no bairro da Providência, super bem localizado, bem pertinho da Bella Vista com seus restaurantes e bares. O bairro é muito bem cuidado, cheio de lojinhas e o hotel que escolhemos era bem próximo à estação Salvador do metrô.

Santiago

Santiago

Na Providência encontramos um achado e já ficamos lá duas vezes: a Posada del Salvador simples e limpa, com quartos grandes, ótimo café da manhã e o senhorzinho que é o dono do hotel e que cuida de tudo pessoalmente é ótimo, Super preocupado, indica restaurantes, tem cartões de táxi e serviço de despertador.

Da segunda vez decidimos ficar no centro para ter uma outra visão da cidade, mas só ficamos um dia. Feio, barulhento e um pouco suspeito. Mudamos no dia seguinte para o mesmo hotel de antes na Providência.

Apesar de não ter gostado do bairro, o hotel era muito bom, simples também, mas com tudo o que era necessário inclusive wireless. Ficamos no Princesa Insolente Hostal que nos serviu bem.

Transporte

Santiago é uma cidade plana e pode ser percorrida a pé. O metrô serve bem todos os principais pontos turísticos e para distâncias um pouco maiores os táxis são baratos.

Santiago

A opção do centro é boa para quem vai fazer uma escala para ir à Mendoza ou aos Lagos/ Patagônia porque é mais perto do aeroporto e o valor do táxi sai quase a metade. Mas para quem quer curtir a cidade sem dúvida a Providência.

Para quem gosta de luxo e modernidade o melhor lugar é Las Condes, mas fica um pouco mais afastado das principais atrações.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s