Roteiro pelo Centro Histórico de Curitiba

No Centro Histórico de Curitiba estão seus prédios mais antigos e muitas construções do século XIX. O ponto de partida é a Praça Tiradentes que é o marco zero de Curitiba.

A cidade nasceu formalmente aqui e é onde fica a Igreja Matriz da cidade. Na Praça está o monolito histórico, com a Cruz de Cristo, que simboliza o poder legalmente constituído pelo rei de Portugal, em 29 de março de 1693. Junto ao monolito está o Marco Zero da cidade. A praça também possui um terminal de ônibus e é o ponto de partida da Linha Turismo sobre o qual já escrevi. A partir da praça seguimos para a Rua 24 horas que nada mais é do que uma galeria aberta ao público 24 horas por dia.

Confesso que essa rua foi uma grande decepção, pois a maioria das lojas não estão em funcionamento e há somente algumas lanchonetes com mesinhas no local.

Vale tirar uma foto dos relógios que ficam nas duas entradas. Eles marcam horas em 24 intervalos, em lugar de 12. São iluminados e comandados por uma central eletrônica a quartzo.

De lá seguimos para para a Rua das Flores que é a primeira peatonal do Brasil. Tem muitas lojas de roupas e sapatos, cafés e um bondinho.

As flores são trocadas a cada estação para que ela esteja sempre florida. O nome Rua das Flores vem do século 19, quando as casas de madeira possuíam jardins bem floridos.

Fizemos o caminho de volta e paramos no Largo da Ordem que é um dos lugares que mais gostei da cidade.

Fomos lá duas vezes. Lá estão vários edifícios antigos como a Casa Romário Martins (século 18), a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco (1737) – a mais antiga de Curitiba, a Casa Vermelha e construções da segunda metade do século 19.

Aos domingos acontece uma Feira de Artesanato (a famosa Feira do Largo da Ordem) que é bem legal para comprar algum souvenir da viagem.   Além disso existem vários cafés e restaurantes nos quais o pessoal fica a tarde toda tomando aperitivo e uma cervejinha.

Fomos nos Bar do Alemão (Schwarzwald) onde tem a o canecão submarino de chopp com Jaggermeister, um licor alemão de ervas.

Para quem gosta lá tem a tradicional Carne de Onça, uma espécie de ‘Beef Tartar’ típico do sul do Brasil. A comida é gostosa, mas o serviço é extremamente lento e olha que ainda nem estava lotado porque havíamos chegado cedo.

 

Bar do Alemão (Schwarzwald)

Rua Doutor Claudino dos Santos 63 | Largo da Ordem, Curitiba, Estado de Paraná 80020-170, Brasil, Tel.: +55-41-3223-2585

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s