Américas · Chicago · Estados Unidos

Chicago: Magnificent Mile, The Bean e 360° Observatory

 

Magnificent Mile: a rua das compras de Chicago

A Avenida Michigan é uma espécie de 5ª Avenida de Chicago, mas mais ampla, pois foi inspirada na Avenida Champs Elysee de Paris. É uma das maiores avenidas do mundo e a mais chique da cidade. Ela a corta quase que por inteiro do Chicago River até a Oak Street.

A parte norte da avenida é a mais chique: são 13 quadras conhecidas como “The Magnificent Mile”, algo como o Quarteirão Impressionante e é o coração da cidade com suas lojas, restaurantes e hotéis chiquérrimos e um vai e vem de pessoas bonitas.

O Starbucks de lá é todo de vidro é adorávamos ficar horas por lá só fazendo “people watching” e protegidos do frio.

Continuamos seguindo pela avenida e nos deparamos com a “Water Tower” que hoje é um dos melhores shoppings da cidade. Foi o único prédio que sobreviveu ao grande incêndio da cidade.

Já tomando o sentido contrário da avenida, fomos em sentido ao Lago Michigan e ao Wrigley Building. O objetivo da Magneficent Mile era unir a parte antiga da cidade (sul) com a parte nova e comercial (norte). Como o Lago Michigan se encontra a um quarteirão da Avenida foi necessário construir um nível superior para uní-las, e o acesso a essa “parte de cima” se dá por dentro do “Wrigley Building” que é o “Big Ben” de Chicago. São 51 lojas reunidas nesse prédio inspirado na Catedral de Sevilha e todo coberto por lajotinhas brancas – um charme.

A ponte Du Sable

Ao se aproximar da ponte Du Sable você irá chegar em um dos pontos mais fotogênicos de Chicago.

Nessa área temos vários prédios famosos como o The Wrigley Building, a Trump Tower e Tribune Tower (Repare que a fachada do prédio tem pedras vindas de vários cantos do mundo).

Millenium Park

Bem ao lado ficam o Millenium Park e o Cloud Gate, mais conhecido como The Bean (O feijão) do escultor britânico Anish Kapoor.

Aproveite a parada para descobrir e se encantar pelo Millennium Park. Comece tirando fotos divertidas no The Bean e em seguida brinque de se perder pelo parque e vá até a fonte Crown Fountain que dá gargalhadas e cuspidas.

A Ponte PB e suas curvas metalizadas rendem boas fotos, o pavilhão Jay Pritzker tem uma programação de shows gratuitos incríveis durante o verão e a Boeing Galleries tem um conjunto de esculturas contemporâneas que muda de tempos em tempos.

Chicago Theatre

Após o almoço, é hora de pegar o “the L” (metrô de Chicago) e ver de perto mais alguns dos prédios imponentes de Chicago.

Da estação Quincy/Wells você irá pegar a linha laranja e descer na estação State/Lake. Você sairá praticamente em frente do famoso Chicago Theatre. É possível fazer tours guiados pelo teatro se você quiser conhecê-lo por dentro.

E para fechar: 360º Observatory

Antes de anoitecer, minha sugestão é  curtir a vista da cidade tomando uns drinks no Architect’s Corner, um bar que fica no 94º andar do Edifício John Hancock 360° Observatory, o segundo prédio mais alto de Chicago.

A vista lá de cima é incrível porque além da cidade também é possível ver toda a orla da cidade, o Navy Pier, o Lago Michigan e a própria Sears Towers, sua concorrente número 1, já escrevi sobre ela aqui.

O 360º Observatory também oferece o “Tilt” que é a sensação do momento: janelas que se inclinam a 45º graus lá do alto com vista para o chão! O valor da atração não está incluso no ingresso e é US$7.

Na saída não deixe de provar a famosa pizza de Chicago, a deep dish. Ela é uma mistura de torta e pizza porque a massa é de pizza, mas colocada em uma forma de torta para que ela fique bem “funda” e caiba bastante recheio. Há diferentes recheios como vegetais, peperoni, queijo etc. Nós pedimos a de queijo com molho de tomate e estava incrível!

Fomos à Pizzaria Uno, que ficava bem em grente ao nosso hotel, o Holiday Inn Express Magnificent Mile, que por sinal é muito bom, e gostamos muito tanto da pizza quanto do ambiente. Tinham também uma cerveja canadense excelente, a Goose Island, e olha que eu nem gosto de cerveja.

No final do dia ainda demos sorte de que o festival “Winter Wonderfest” promoveu um super Desfile de Natal na Avenida Michigan com direito à fogos sobre o Rio Chicago no nosso último dia na cidade para fechar nossa visita com chave de ouro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s