Agra · Asia · India

Taj Mahal, uma das 7 maravilhas do mundo!

Agra é uma cidade às margens do rio Yamuna no estado de Uttar Pradesh. Chegamos na hora do almoço, desde Delhi de carro com motorista particular, que na minha opiniao é o jeito mais prático e confortável de chegar lá. Deixei minha recomendaçao nesse post aqui. Nem pense em alugar um carro e dirigir por conta própria por lá porque o trânsito é realmente caótico.

Ao entra em Agra você vai logo percebendo que a cidade é bem caótica, suja e desorganizada. É relativamente pequena e poucas ruas estão asfaltadas. Aqui todos os seus estereótipos da Índia se manifestarão: lambreta com quatro pessoas em cima – check; vaca passeando pela rua – check; porco selvagem correndo solto – check também. É o retrato da Índia puro e duro.

Chegamos na hora do almoço e fomos diretamente almoçar no Maya Hotel & Restaurant indicado pelo nosso motorista. A comida era realmente deliciosa e o lugar bem limpo, altamente recomendado.

Assim que saimos do restaurante nosso guia já nos estava esperando do lado de fora para irmos em direçao à nossa primeira atraçao: Itimaad-Ud-Daula.

Itimaad-Ud-Daula é um pequeno maosoléu, chamado de mini Taj, da época do Império mongol contruído entre 1622 e 1628 às margens do rio Yamuna.

Ele representa a transição da arquitetura mongol, que usava a pedra vermelha como no Forte de Vermelho de Delhi e na tumba de Humayan, para um novo período em que o material pricipal a ser usado passou a ser o mármore.

O mausoléu foi construído a pedido de Nur Jahan, esposa do imperador Jahangir em memória a seu pai, Mirza Ghitas Beg, o avô de Mumtaz Mahal, esposa do imperador Shah Jahan para quem o Taj Mahal foi construído!

O complexo está, situado dentro de um jardim, foi construído a base do mármore do Rajastão, com várias incrustaçoes de pedras preciosas como topázios, ônis e lápislazulis. O estilo dos desenhos é bem mixto, pois mezcla arte afegã e persa por conta dos trabalhadores que foram trazidos para a construçao da tumba. Para entrar é preciso tirar os sapatos ou por 10 rúpias você pode comprar um protetor de calçados.

De lá, nossa próxima parada foi no jardim Mehtab Bagh que tem uma vista preciosa ao tão esperado Taj Mahal. Sao uns jardins de estilo persa, nas margens do rio Yamuna, super tranquilos e ideiais para desfrutar da vista e do pôr do sol no Taj Mahal.

Segundo a lenda, Shan Jahan, o criador do Taj Mahal, escolheu os jardins de Mehtab Bagh para construir ali o Taj Mahal negro, bem em frente ao Taj Mahal Branco onde estava sepultada sua esposa. Esse Taj Mahal negro sería a sua sepultura de frente para sua amada. O Taj Mahal negro nunca chegou a ser construído, pois Shan Jahan foi preso por estar gastando todo o patrimônio do reino na construçao da tumba. Ele passou seus últimos anos de vida encarcerado, pelo próprio filho, no Forte de Agra de onde podia ver de longe o Taj Mahal.

Agra é o melhor lugar para comprar peças de mármore cravejado estilo Taj Mahal. Nosso guia nos levou à uma loja oficial do governo onde eles te explicam como é feita a arte e, claro, depois te apresentam a lojinha.

Em seguida fomos para o hotel descansar e jantar no próprio restaurante do hotel, uma terraça com uma super vista do Taj Mahal. Novamente comida e vista excelentes! Eles tem até um mirador mais alto de onde se pode ver o Taj inteirinho.

No dia seguinte acordamos bem cedo e fomos finalmente visitar o Taj Mahal que ficava na rua do nosso hotel. Chegamos caminhando e às 6:15 já estávamos lá dentro. O Taj mahal na verdade é uma tumba, e é conhecido como o monumento do amor.

O imperador mongol Shah Jahan ordenou sua construçao entre 1631 e 1654 a pedido de sua terceira esposa, sua favorita, em seu leito de morte depois de dar a luz à sua 14ª filha.

Ela fez três pedidos ao imperador: que ele nao se casasse de novo, que cuidasse dos filhos e que construísse uma tumba em sua homenagem.

E assim foi feito: mais de 20 mil trabalhadores foram trazidos do Afeganistão, Pérsia e várias outras partes da Índia para a construção do que se tornaria uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno.

Por conta da mezcla de nacionalidades dos trabalhadores, o Taj Mahal reúne diferentes estilos arquitetônicos: islâmico, persa, hindu e turco.

O edifício principal, e mais conhecido, onde estao sepultados o imperador e sua esposa foi todo construído em mármore e cravejado de pedras preciosas como lápislazulis e ônix.

O complexo também abriga uma mesquita e um hotel que era frequentado pelos visitantes na época de sua construçao.

Na volta para o hotel tomamos nosso café da manha e partimos rumo a Jaipur.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s