Edimburgo · Escócia · Europa

Edimburgo: Roteiro pela Royal Mile, St. Giles, Greyfriars Bobby, Museu Nacional, Grassmarket

No nosso segundo dia (veja o post do primeiro dia aqui) pulamos cedo da cama e começamos no mais puro estilo escocês de ser: tomando café da manha na Elephant House, uma das mais famosas casas de chá e café de Edimburgo! Veja o post sobre o roteiro do Harry Potter em Edimburgo aqui.

Partimos para as City Chambers, um edifício do século XVIII construído originalmente como uma Câmara de Comércio e que hoje abriga a prefeitura da cidade e a Corte Suprema.

Justo em frente fica a St. Giles Cathedral a mais emblemática de Edimburgo. Sua origem remonta ao século XII quando foi construída para levar o cristianismo para os povos escoceses da regiao. Depois da reforma protestante ela passou a ter vários usos: foi de prisao a parque de bombeiros e foi somente no século XIV que ela foi totalmente reformada e voltou a ser uma Igreja de verdade.

A sua cúpula vazada é outro símbolo de Edimburgo e tem vistas super bonitas da cidade.

Em frente à Catedral, na High Street, há um mosaico em forma de coraçao, o Heart of Midlothian junto com três marcadores de latao. Eles representam a entrada de uma prisao do século XV, conhecida como “The Old Booth” demolida em 1817 e lugar de várias execuçoes publicas. O antigo edifício aparece no romance de Walter Scott de mesmo nome publicado em 1818.

Ainda hoje muitos moradores da cidade cospem no coraçao porque nesse lugar, a porta da prisao, eram exibidos por uma noite os condenados (presos por um prego na orelha) por nao pagarem suas dívidas, e a cuspida era um sinal de desdém à eles. Os condenados que ousavam fugir perdiam uma parte da orelha e ficavam “marcados” para sempre e sempre eram identificados como mau pagadores. Os que suportavam a pena ficavam com apenas um furo que sicatrizada e que significava que ele havia cumprido sua obrigaçao para com a sociedade.

De lá seguimos para a Greyfriar Row onde fica a estátua do caozinho mais famoso da cidade, o Greyfriar Bobby. Bobby era o amigo inseparável de John Gray, um policial que trabalhava para a polícia local de Edimburgo como vigilante noturno.

Depois de 2 anos John morreu de tuberculose e foi enterrado no Cemitério Greyfriar, que fica bem em frente de onde está a estátua e dizem que o cachorrinho viveu os próximos 14 anos junto à tumba do seu antigo dono. Os vizinhos se comoveram e a cada dia lhe levavam água e comida. Depois que Bobby morreu, ele foi enterrado no mesmo cemitério ao lado da tumba de John.

Claro que nossa próxima parada tinha que ser no Cemitério de Greyfrairs, que além de cemitério, faz as vezes de parque onde edimburgueses vao tomar sol (às vezes claro) ou ler um livro (lembra da parte macabra?). Veja mais no post do Harry Potter aqui.

A poucos passos do cemitério está o  museu mais famoso da cidade, o National Museum of Scotland, que surgiu da uniao de dois museus, o Museum of Scotland e o Royal Museum.

De dentro dá para ver as diferenças de estilo: de um lado o Museum of Scotland é mais moderno e de outro, o Museu Real tem um estilo vitoriano.

O destaque do Museu é sem dúvidas a Grand Gallery, um vestíbulo de ferro fundido e teto de vidro que ilumina todo o museu.

O Museu está dividido em cinco grandes sessoes: Natureza, Culturas do Mundo, Arte e Desenho, Ciencia e tecnologia e Escócia.

Uma das peças mais populares é a Ovelha Dolly, o primeiro mamífero a ser clonado no mundo! Além disso há varias exposiçoes interativas realmente interessantes e o melhor de tudo: a entrada é gratuita!

Também passamos por uma vizinhança bem charmosa, mas também conhecida por suas lendas macabras: o Grassmarket, que foi um antigo mercado da cidade por quase 500 anos! O mercado, na época, chegou a ser mais famoso que a própria cidade.

Com ruazinhas angulosas e arquitetura medieval ainda tem lindas vistas do castelo de Edimburgo.

O local foi palco de muitas execuçoes públicas e hoje é uma área de vários restaurantes, lojinhas e pubs. Tem até loja de bruxaria por lá!

Terminamos o dia no Greyfrairs Bobby Bar que é um dos pubs mais famosos de Edimburgo, bem atrás da estátua do cachorrinho.

A seleçao de cervejas e a meat loaf pie (torta de carne e purê de batatas tipicamente britânica) sao incríveis. A carne é cozida na cerveja preta!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s